Uso de videoaulas na divulgação de conteúdos para o ensino e aprendizagem de Língua Portuguesa

Katianny Késia Mendes Negromonte, Williany Miranda Silva
2018 Revista Letras Raras  
As atividades de ensino já não podem desconsiderar a relevância e os impactos que as tecnologias da informação provocam na aprendizagem, visto que o ambiente digital é permeado de sites que disponibilizam gratuitamente materiais didáticos, a exemplo de videoaulas, para auxiliar o estudo de conteúdos destinados a exames de larga escala, dentre estes, o ENEM. Nessa perspectiva, a presente pesquisa preocupa-se em refletir sobre a relevância das videoaulas diante do tratamento dado aos conteúdos.
more » ... do aos conteúdos. Para tanto, tem-se como questão basilar : O que as vídeoaulas, presentes em sites recomendados pelo Enem, revelam sobre a concepção de ensino e de aprendizagem de língua portuguesa? Para respondê-la, objetiva-se analisar o funcionamento de vídeoaulas como mediadores de ensino e aprendizagem de conteúdos sugeridos pelo ENEM. Além disso, pretende-se: caracterizá-las segundo o formato que apresentam para tratar o conteúdo de gramática de Língua Portuguesa e refletir sobre as concepções de ensino de gramática subjacentes aos ambientes virtuais-sites-. A seleção das videoaulas foi decorrente de quatro sites divulgados no endereço (http://canaldoensino.com.br/blog/12-sites-para-estudar-de-graca-para-o-enem), onde se verificou nesses ambientes digitais: acesso aberto, gratuito e conteúdos gramaticais, oferecidos como materiais complementares, destinados aos candidatos que desejam realizar o Enem. A partir dessa seleção, realizaram-se reflexões teóricas sobre linguagem multimodal e as concepções de ensino de gramática, embasadas nos autores como: Kleiman, 2005; Vieira & Silvestre 2015; Dionísio, 2013; Filatro, 2008; Oliveira & Stadler, 2014; Spanhol & Spanhol, 2009; Antunes, 2003; Mendonça, 2006; Braga, 2010; Freire e Leffa, 2013 Koch e Elias, 2014. Para tratar da metodologia, a investigação está ancorada na base descritiva e nos estudos netnográficos, uma vez que o objeto de análise se encontra em ambientes digitais. A sistematização do objeto investigado quanto à forma e ao funcionamento revelou que não há uma estrutura fixa e determinante para tratar os conteúdos. Além disso, o entrecruzamento da forma e do funcionamento sinalizou a predominância de duas concepções de ensino de gramática: no domínio prescritivo, evidenciando, sobremaneira, conceitos e regras, e no domínio reflexivo, com a ênfase no tratamento da língua a partir do uso. Palavras chaves: Videoaulas. Sites. Ensino de gramática.
doi:10.35572/rlr.v7i1.975 fatcat:b24oglwk7naevoptdan6tbxt3m