Controvérsias sócio-científicas e relações de poder

Graciella Watanabe, Pedro Guilherme Rocha dos Reis
2019 Linhas Criticas  
A pesquisa em educação em ciências expôs a dificuldade na implementação de controvérsias sócio-científicas em sala de aula, particularmente em relação à infraestrutura e à formação de professores para lidar com atividades que vão além dos conceitos científicos. Vários fatores desestimulam os professores atuais e futuros a trabalharem na educação básica (fundamental e secundária) quando enfrentam o desafio de incluir tópicos não consensuais em suas aulas de ciências. Tendo em conta a situação
more » ... conta a situação política brasileira, esta pesquisa ilustra como os futuros professores compreendem suas ações e desafios, ao implementar controvérsias sócio-científicas. No contexto, apresentamos uma fração do trabalho desenvolvido no projeto "We Act", no qual pretendíamos pesquisar as percepções das relações de poder através das interpretações de Pierre Bourdieu e Paulo Freire. As concepções dos participantes sobre as relações de poder nas escolas, e como práticas políticas, surgem como particularmente relevantes para o que chamamos de "vigilância da profissão docente". Consequentemente, deve-se reconhecer que o contexto escolar é construído por influências sociais maiores do que a escola e a comunidade a que pertence.
doi:10.26512/lc.v24i0.21585 fatcat:ejsnjksu2nhzvicet2zpe454za