Alterações químicas e oxidativas dos óleos ultra processados por frituras de batatas do comércio central ambulante

Gislayne Bianca Tavares De Morais, Vanessa Ribeiro da Silva, Edilene Ferreira da Silva, Victória Maura Silva Bermúdez, Vera Lúcia Viana do Nascimento
2020 Research, Society and Development  
O objetivo deste trabalho é avaliar as características oxidativas dos óleos de frituras de batatas inglesa obtida do comércio ambulante de Teresina, Piauí. Visando determinar os parâmetros oleoquímicos de Índice de Acidez, Índice de Ácidos Graxos Livres, Índice Peróxido; Índice de Iodo e teste ácido 2-tiobarbitúrico. Foram coletados cinco lotes de frituras de batatas em diferentes locais. Analisou-se, 96 amostras de óleos de coco e de soja de cinco estabelecimentos comerciais de Teresina,
more » ... de Teresina, Piauí, sendo 66 destinadas para as análises oleoquímicas e 12 para o teste ácido 2-tiobarbitúrico. As análises de parâmetros oleoquímicos foram realizadas segundo a American Oil Chemists' Society, enquanto que as análises oxidativas, pelo mesmo método, no Instituto Federal de Educação, Ciências e Tecnologia do Piauí, Campus Teresina-Central. Como resultado, a análise de índice de acidez mostrou valores em conformidade com a legislação internacional para óleos de frituras. Os percentuais de ácidos graxos livres e de índice de peróxido se apresentaram dentro os limites estabelecidos para óleo de frituras em relação à legislação. Os resultados do índice de iodo mostraram maior insaturação nas cadeias lipídicas nos lotes dois e três. O teste do ácido 2-tiobarbitúrico mostrou alterações oxidativas nos lotes quatro e cinco. Conclui-se que em todas as amostras de óleos foi evidenciado processos oxidativos, destacando-se o óleo de coco, que apresentou melhor estabilidade à oxidação em relação ao de soja.
doi:10.33448/rsd-v9i8.5690 fatcat:hfbschks7zdtlhpcy5wyh4qkou