Influence of glycemic index and glycemic load of the diet on the risk of overweight and adiposity in childhood

Kellen Cristine Silva, Luciana Neri Nobre, Sofia Emanuelle de Castro Ferreira Vicente, Lidiane Lopes Moreira, Angelina do Carmo Lessa, Joel Alves Lamounier
2016 Revista Paulista de Pediatria (English Edition)  
Objective: To investigate the association between the glycemic index and the glycemic load of the diet with the risk of overweight and high adiposity in children with 5 years of age. Methods: Cross-sectional study nested in a cohort of 232 children born and living in Diamantina (MG, Brazil). Parents and/or guardians provided the food intake data, using a semiquantitative food frequency questionnaire, past history and socioeconomic conditions. Anthropometric and fatness data were collected from
more » ... ere collected from the children. The dietary glycemic index and the glycemic load were calculated from the food intake. The glycemic index and glycemic load effect on overweight and adiposity in children was assessed by the Poisson regression (p<0.05). Results: The prevalence of overweight by body mass index was 17.3%, and high adiposity was observed in 3.4% and 6.9% by triceps skinfold and subscapular skinfold, respectively. No difference was reported between the mean body mass index, triceps skinfold and subscapular skinfold according to the glycemic index and glycemic load tertiles; however, the overweight group presented a higher carbohydrate intake (p=0.04). No association was found between glycemic index and glycemic load with overweight and adiposity among the children assessed. Conclusions: The glycemic index and glycemic load of the diet were not identified as risk factors for overweight and adiposity in this cross-sectional study. Índice glicêmico; Sobrepeso; Crianças; Adiposidade; Carboidrato Influência do índice glicêmico e carga glicêmica da dieta sobre o risco de sobrepeso e adiposidade na infância Resumo Objetivo: Investigar a associação entre o índice glicêmico e a carga glicêmica da dieta sobre o risco de sobrepeso e adiposidade em crianças de cinco anos de idade. Métodos: Estudo transversal aninhado a uma coorte de 232 crianças nascidas e residentes em Diamantina (MG, Brasil). Os pais e/ou responsáveis forneceram os dados de consumo alimentar, utilizando um questionário semi-quantitativo de frequência alimentar, histórico do paciente e condições socioeconômicas. Os dados antropométricos e gordura corporal foram coletados das crianças. O índice glicêmico da dieta e a carga glicêmica foram calculados a partir da ingestão de alimentos. O efeito do índice glicêmico e da carga glicêmica no sobrepeso e adiposidade das crianças foi avaliado através da regressão de Poisson (p<0,05). Resultados: A prevalência de sobrepeso pelo índice de massa corporal foi de 17,3%, e adiposidade elevada foi observada em 3,4% e 6,9% através da prega cutânea do tríceps e prega cutânea subescapular, respectivamente. Não houve diferença entre a média de índice de massa corporal, prega cutânea do tríceps e prega cutânea subescapular de acordo com os tercis de índice glicêmico e carga glicêmica; no entanto, o grupo com sobrepeso apresentou maior ingestão de carboidratos (p=0,04). Não foi encontrada associação entre índice glicêmico e carga glicêmica com sobrepeso e adiposidade entre as crianças avaliadas. Conclusões: O índice glicêmico e carga glicêmica da dieta não foram identificados como fatores de risco para sobrepeso e adiposidade nesse estudo transversal.
doi:10.1016/j.rppede.2015.12.009 fatcat:k6jvndgijvbf5gwao3heygahxe