Rubem Braga e o semanário Comício: cidade, política e imprensa no segundo governo Vargas [thesis]

Samantha dos Santos Gaspar
Rubem Braga e o semanário Comício: cidade, política e imprensa no segundo governo Vargas (exemplar revisado) Samantha dos Santos Gaspar São Paulo 2012 2 UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FACULDADE DE FILOSOFIA, LETRAS E CIÊNCIAS HUMANAS DEPARTAMENTO DE ANTROPOLOGIA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ANTROPOLOGIA SOCIAL Rubem Braga e o semanário Comício: cidade, política e imprensa no segundo governo Vargas (exemplar revisado) (O exemplar original encontra-se disponível no CAPH/FFLCH) Agradecimentos Às
more » ... ecimentos Às instituições de fomento CNPq e FAPESP que financiaram a pesquisa nos cinco primeiros meses e nos dezenove posteriores, respectivamente. Aos funcionários das instituições por onde pesquisei: Instituto de Estudos Brasileiros, Biblioteca Nacional, Academia Brasileira de Letras e, especialmente, Fundação Casa de Rui Barbosa, nos quais pude encontrar auxílio seguro à minha pesquisa. Ao Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social da USP, cujos professores e funcionários formaram-me não só academicamente durante suas aulas, mas também me ensinaram, no período em que fui representante discente com Luis Felipe Hirano e Enrico Spaggiari, a percorrer os caminhos burocráticos que envolvem a Universidade. À Profa. Lilia Schwarz, cuja orientação aberta e segura me guiou durante todas as etapas do mestrado. Minha gratidão por minha orientadora se estende por um período ainda anterior, quando, nos tempos de graduação, pude tê-la como professora em três disciplinas, todas fundamentais para a delimitação de minhas inclinações acadêmicas. Às Profas. Fernanda Peixoto e Maria Arminda do Nascimento Arruda pela leitura cuidadosa e generosa durante o exame de qualificação. Suas críticas e sugestões foram cruciais para as reformulações da pesquisa. A ambas devo também o estímulo que advém desde a graduação, cujas aulas me instigaram e motivaram. Aos membros do Projeto Temático FAPESP "Formação do campo intelectual e da indústria cultural no Brasil contemporâneo", cujos encontros mensais me possibilitaram apreender distintas perspectivas e abordagens. Externando os professores envolvidos, agradeço também a seus orientandos: além de Lilia e Arminda, agradeço a Alexandre Aos meus companheiros de orientação, com os quais, através dos encontros quinzenais do Etno-História (mas não somente), troquei leituras, críticas, sugestões, angústias, estímulos e toda a sorte de momentos e sentimentos que compõem a vida acadêmica. Ricardo Teperman, com os quais mantive diálogo durante todo o período. Aos membros da Comissão Editorial da Cadernos de Campo, com os quais durante dois anos compartilhei não apenas o trabalho de produção de uma revista acadêmica, mas também estímulos e diálogos. Agradeço a Bernardo Freire, Cláudia Dan e Nataraj Trinta, por me hospedarem no Rio de Janeiro e tornarem a saudade menos constante. Alguns amigos, nem sempre totalmente conscientes disso, me apoiaram e estimularam inúmeras vezes. Sou extremamente grata a A amizade de vocês é a melhor parte desse processo. À Daniela Perutti, cujo carinho e apoio me emocionaram inúmeras vezes. Sua amizade é uma grata surpresa. Agradeço ao Rui Harayama, meu nii-san. Luis Felipe Kojima Hirano e Rodrigo Lobo são grandes amigos. Não sei como agradecer pelo carinho, cuidado e companheirismo. Nossas caminhadas cheias de conversas acaloradas tornaram meus dias mais felizes. Abstract: This dissertation analyses the weekly Getúlio Vargas opposition newspaper called Comício (Rally), released by Rubem Braga, Joel Silveira and Rafael Corrêa de Oliveira and published from March to October, 1952. My approach to the newspaper is informed by the theoretical and methodological framework proposed by Antonio Candido, based on the author -literary work -audience triangle. Thus, in what refers to the authorship I deal with the writers whose articles were published on Comício's pages; regarding the literary work, I discuss the structure, style and contents of Comício; simultaneously, I analyze the reception by way of indicators such as advertisement and readers' letters. Besides the founders of the newspaper, others writers from the literary and journalist fields contributed with articles and writings, for instance For this reason, I consider this journalistic and literary experience as part of the transformations faced by the Brazilian press in the 1950s, by emphasizing its position within the nationalist press. My interpretation of Comicio's contents follows three analytical axes: the editorials, the issues focused on the "people;" and the texts wrote by Rubem Braga. The editorials shed light into the ways in which the political scene, actors and events were portrayed and interpreted. Among the main concerns from the period, which became a topic in their debates, I highlight the fear of a new dictatorship by Getúlio Vargas and the struggle to preserve the freedom of press in Brazil. Brazilian economy was also a topic of discussion, especially the exploration of national petroleum. A lot of reports focused the working class, its reality and what was defined as the "people." By way of that news it is possible to access a specific view of the city of Rio de Janeiro at that time. Finally, I focus on the section named "The days of the Presided" ("Os dias do Presidido") and other Rubem Braga's chronicles, seeking to understand how the author positioned himself regarding crucial issues of his time. Through the pages of Comício, we find a critical and reflexive testimonial about a turbulent period of the Brazilian History, represented by Getúlio Vargas' second mandate.
doi:10.11606/d.8.2012.tde-24072012-154649 fatcat:67esaiz2mncwpaebwevqlr62hy