Serological and molecular investigation of viral agents in free-living jaguars of the Pantanal wetlands, state of Mato Grosso, Brazil

Selma Samiko Miyazaki Onuma, Luciana Botelho Chaves, Maria do Carmo Custódio de Souza Hunold Lara, Joares Adenilson May-Júnior, Ísis Indaiara Gonçalves Granjeiro Taques, Juliana Torres Tomazi Tomazifitzen, Amauri Alcindo Alfieri, Tatiana Ometto, Edison Luis Durigon, Jansen Araújo, Daniel Luis Zanella Kantek, Daniel Moura Aguiar
2016 Brazilian Journal of Veterinary Research and Animal Science  
Este estudo investigou a exposição de onças-pintadas de vida livre a agentes virais selecionados em duas unidades de conservação federais no Pantanal de Mato Grosso, Brasil. Para a análise desses agentes virais, a maioria de caráter zoonótico, foram utilizados métodos sorológicos e moleculares. Nenhuma das onze onças-pintadas examinadas foi positiva na técnica de real-time RT-PCR para a detecção molecular dos agentes da Influenza aviária e Febre do Nilo Ocidental (WNF). Somente um animal foi
more » ... te um animal foi positivo sorologicamente para a o vírus da Encefalite Equina do Leste (EEE) pela Microtécnica de vírus neutralização em culturas de células VERO, sendo este o primeiro relato da exposição de onças-pintadas. Todos os animais examinados s foram negativos para o vírus da Encefalite Equina do Oeste (WEE) e Venezuelana (VEE). Amostras de soro colhidas de 11 onças-pintadas foram submetidas a adois testes distintos para a detecção de anticorpos contra o vírus da raiva (Teste Rápido de Inibição de Foco de Fluorescência – RFFIT e Microteste Simplificado de Inibição da Fluorescência - SFIMT), resultando em cinco animais positivos, dos quase dois positivos para cada teste e um positivo quando submetido aos dois testes sorológicos. Além disso, três das 14 amostras submetidas a técnica de soroneutralização foram positivas para a pesquisa de anticorpos contra o vírus da cinomose (CDV) e 15 amostras positivas das 17 analisadas para a pesquisa de anticorpos contra o parvovírus canino (CPV) foram identificadas pela técnica de Inibição da Hemaglutinação (HI). De acordo com os resultados deste estudo, é pouco provável que os agentes virais aqui analisados representem ameaça à população de onças-pintadas nesta região.
doi:10.11606/issn.1678-4456.bjvras.2016.108947 fatcat:2ozxuhkcobdafdeyt26ptala4q