AVALIAÇÃO DO EFEITO DA RADIAÇÃO ULTRAVIOLETA "A" SOBRE PORCENTAGENS DE FAGOCITOSE EM HEMÓCITOS E CONCENTRAÇÃO DA GLICOSE NA HEMOLINFA DO CAMARÃO-ROSA Farfantepenaeus paulensis

Efeito Da Radiação Uva Em Farfantepenaeus Paulensis Atlântica, Rio Grande
2008 unpublished
RESUMO Os crustáceos estão naturalmente expostos à radiação ultravioleta, podendo esta produzir mudanças bioquímicas e na função imune e predispor ao aparecimento de doenças. Objetivo: Quantificar a concentração de glicose na hemolinfa e avaliar o índice fagocitário em hemócitos de camarões Farfantepenaeus paulensis expostos à radiação UVA. Metodologia: 21 camarões foram divididos em três grupos submetidos à radiação UVA (tratamentos de 1, 5 e 10 dias) e grupo controle. A fagocitose foi
more » ... ocitose foi efetuada em lâminas, nas quais os hemócitos foram avaliados pela sua capacidade de ingerir leveduras (Sacharomyces cerevisae). A glicose foi determinada por método enzimático (glicose oxidase). Os resultados foram expressos como média ± desvio-padrão e efetuada análise de variância e teste de Tuckey "a posteriori". Resultados: A fagocitose (%) e a concentração de glicose (mmol/l) dos animais expostos por 1, 5 e 10 dias e do grupo controle foram respectivamente, 71,70±2,03 e 0,36±0,19; 70,0±4,73 e 0,88±0,47; 63,80±3,67 e 0,18±0,03 e 85,65±2,81 e 2,41±0,74. O grupo controle apresentou maior índice fagocitário (P>0,05) e os animais expostos durante 10 dias mostraram o índice inferior (P>0,05). Observou-se menor concentração de glicose em todos os grupos expostos em relação ao controle (P>0,05). Conclusão: Os resultados corroboram a hipótese de imunodepressão pela exposição à UVA. ABSTRACT Porcentages phagocytosis' evaluation uva irradiation effects of haemocytes and glucose's concentration haemolymph in pink-shrimp Farfantepenaeus paulensis The crustacean are naturally exposed to ultraviolet radiation, it can produce biochemical and in immune function changes and predispose to diseases manifestation. Objective: To quantify the haemolymph glucose concentration and evaluate the phagocitary index of haemocytes in shrimp Farfantepenaeus paulensis exposed to UVA irradiation. Methodology: 21 shrimps were divided in one control group and 3 treatment groups exposed to UVA radiation for 1, 5 and 10 days. Phagocytosis was carried out in slide glass, the haemocytes capacity to engulf heat-killed yeast (Saccharomyces cerevisae) were analyzed. Glucose was determined by enzymatic method (oxidase glucose). The results were expressed by mean ± standard deviations and analyzed by ANOVA follow Tuckey test. Results: Phagocytosis (%) and the glucose concentration (mmol/l) of the animals exposed for 1, 5 and 10 days and control group were respectively, 71.70±2.03 and 0.36±0.19; 70.0±4.73 and 0.88±0.47; 63.80±3.67 and 0.18±0.03 and 85.65±2.81 and 2.41±0.74. Control group showed higher phagocytosis index (P>0.05) and the exposition during 10 days impaired the index (P>0.05). It was observed lower concentration of glucose in groups exposed than to control group (P>0.05). Conclusion: The results reached with the hypothesis of immunosuppression by the exposition to UVA.
fatcat:u4dl2x36tzc5hm4wmnuzayvs74