Representações renascentistas e góticas na tragédia moderna

Fábio Ramos Paz, André Luis Gomes
2019 Pitágoras 500  
Christopher Marlowe escreveu A História Trágica do Doutor Fausto para o teatro renascentista inglês, utilizando-se de noções próprias da tragédia moderna, além de adicionar elementos sobrenaturais à sua obra. A presença de componentes fantásticos na peça de Marlowe representa aflições da sociedade renascentista, sendo algo capaz de suscitar o medo em seus apreciadores, um sentimento intrínseco ao Gótico.
doi:10.20396/pita.v9i2.8654542 fatcat:ae4fj4ymxrbbxf3wwujk2n74xm