Tendência de Mortalidade por Câncer Gástrico no Nordeste Brasileiro

Januse Míllia Dantas de Araújo, Francisco Patricio de Andrade Júnior, Flávia Negromonte Souto Maior
2021 Saúde (Santa Maria)  
Objetivo: Este estudo tem como objetivo elucidar o perfil de mortalidade por câncer gástrico na região do Nordeste brasileiro, entre os anos de 2000 a 2018. Método: Trata-se de um estudo epidemiológico retrospectivo realizado por meio da recuperação de dados secundários de mortalidade por câncer gástrico na região Nordeste, disponíveis no Atlas On-line de Mortalidade, no site do Instituto Nacional de Câncer. Resultados: No período analisado, foram registrados 50.935 óbitos, sendo 2018 o ano com
more » ... maior número de óbitos (6,9%). Os estados que apresentaram mais óbitos foram Ceará (24,7%), Bahia (23,4%) e Pernambuco (17,5%). O perfil foi composto predominantemente por indivíduos do sexo masculino (62%), com idades entre 70 a 79 anos (25,9%). Houve associação estatisticamente positiva entre homens e as faixas etárias de 20 a 29 anos, 30 a 39 anos, 40 a 49 anos e acima de 80 anos e entre mulheres e as faixas etárias de 50 a 59 anos de idade, 60 a 69 anos e 70 a 79 anos (p 0,001). Conclusão: Mediante ao exposto, verifica-se que as taxas de mortalidade por câncer gástrico nesta região são consideravelmente elevadas e estão associadas, principalmente, ao diagnóstico tardio da doença. Assim, destaca-se a importância da realização de ações de rastreamento e diagnóstico precoce e a necessidade de avanço dos tratamentos, visando proporcionar melhores prognósticos e atenuação da mortalidade.
doi:10.5902/2236583464004 fatcat:23axknav2fap5pjab4erylseje