Luís Antônio da Gama e Silva

Washington de Barros Monteiro
1980 Revista da Faculdade de Direito Universidade de São Paulo  
no 30.° dia de seu falecimento. acredito que esta Faculdade -da qual era filho espiritualnão poderia renegá-lo. Acredito, portanto, sinceramente, na justiça desta homenagem, e m que, como amigo e admirador, trago, e m nome da Congregação, as expressões de seu pesar e, pessoalmente, minha lágrima sentida, que, no dizer de Coelho Neto, é mensageira de saudade, relicário de prece e cristalização da mágua, que é imortal, porque deriva da alma e também é estrela, porque demanda o céu.
doi:10.11606/issn.2318-8235.v75i0p15-20 fatcat:74znsi3wcnhafcprqrnfpjcqyy