Perfil do uso de plantas medicinais por moradores da área rural de um Município do Estado do Paraná

Vaneza Paula Poplawsi Carneiro, Mariane Pavani Gumy, Joice Karina Otênio, Jacqueline Vergutz Menetrier, Kamila Aparecida Medeiros, Viviane Risso Bonkoski, Arquimedes Gasparatto Junior, Daniela Aparecida Estevan, Talita Egevardt de Castro, Emerson Luiz Botelho Lourenço, Leonardo Garcia Velasquez, Ezilda Jacomassi
2020 Research, Society and Development  
O objetivo desta pesquisa foi realizar um estudo etnobotânico de plantas medicinais utilizadas por moradores de uma área rural de um município do Estado do Paraná, Brasil. Foram entrevistados 91 moradores de uma área definida, no período de maio a outubro de 2019. Para a coleta de dados, foi utilizado um questionário semiestruturado. A análise qualitativa dos dados foi realizada por meio do programa Stata 12. Além da estatística descritiva, foi calculada a estatística χ2 (Qui-quadrado) para
more » ... -quadrado) para verificar a associação entre renda e uso de plantas medicinais e escolaridade e uso de plantas medicinais. O perfil dos pesquisados ​​expôs a prevalência de mulheres (91,21%), paranaenses (59,34%), descendentes de italianos (58,24), agricultores (58,24%), católicos (96,70%), casados ​​(72,53%), com ensino fundamental incompleto (56,04%) e renda de até dois salários mínimos (58,24%). O conhecimento sobre as plantas medicinais foi obtido dos ancestrais (86,81%). As plantas são utilizadas porque são naturais (71,43%) e são cultivadas principalmente na propriedade.
doi:10.33448/rsd-v9i10.8710 fatcat:h5vsg5npvzc5ncublnian5fry4