Enfrentamento da incapacidade funcional por idosos por meio de crenças religiosas

Wagner Jorge dos Santos, Karla Cristina Giacomin, Josiane Katherine Pereira, Josélia de Oliveira Araújo Firmo
2013 Ciência & Saúde Coletiva  
O modo como as pessoas lidam com o estresse da vida é conhecido como o processo de coping ou enfrentamento. Fala-se de coping religioso quando a pessoa utiliza crenças e comportamentos religiosos para facilitar a resolução de problemas, prevenir ou aliviar consequências emocionais negativas estressantes, dentre as quais a incapacidade funcional. O objetivo do presente trabalho foi investigar o papel da religiosidade como estratégia de enfrentamento da incapacidade funcional entre idosos. Foi
more » ... ntre idosos. Foi utilizada a abordagem qualitativa, constituindo-se em um estudo etnográfico observacional, cuja amostra incluiu 57 idosos da cidade de Bambuí, Minas Gerais. O modelo dos signos, significados e ações foi utilizado na coleta e análise dos dados. A religiosidade dos idosos entrevistados sugere que suas crenças e tradições religiosas ajudam a explicar e a enfrentar o sofrimento experimentado por eles na vigência ou iminência da incapacidade funcional. O enfrentamento religioso reforça o fatalismo presente na crença religiosa que espelha a fatalidade da velhice com incapacidade como um código social aceito e naturalizado, mas também colabora para minimizar a responsabilidade social pelo cuidado do idoso e revela a descrença nos serviços públicos de saúde existentes.
doi:10.1590/s1413-81232013000800016 pmid:23896914 fatcat:ktvwhogzrzee3nreeigrujgl5e