Desterritórios profanos. A representação sob a chave da memória em processo [thesis]

Alexandre Gil França
A presente dissertação propõe, através de conceitos extraídos de pensadores diversos, em especial Gilles Deleuze, Félix Guattari e Giorgio Agamben, o desenvolvimento de ferramentas para análise e criação de obras artísticas no campo da representação. Partindo de dois conceitoschave, o território na concepção de Deleuze e Guattari, e a profanação na interpretação de Agamben, esta dissertação discute a ligação existente entre áreas artísticas variadas (como a performance, o teatro, o cinema
more » ... tro, o cinema etc.), bem como a relação entre materiais do passado e os do presente, a fim de evidenciar o vasto campo de criação e análise artística presente nas artes da representação contemporânea. Ainda, para demonstrar a contundência do ferramental discutido e aprofundado nesta dissertação, o autor desenvolveu uma parte prática em que tece um texto dramatúrgico inspirado pelas ideias debatidas no decorrer do seu trabalho teórico. Palavras-chave: Profanação. Agamben. Deleuze. Desterritorialização. Representação. Memória. ABSTRACT The present dissertation proposes, through concepts drawn from diverse thinkers, mainly Gilles Deleuze, Félix Guattari and Giorgio Agamben, the development of tools for analysis and creation of artistic works in the field of representation. Based on two key concepts, the territory in Deleuze and Guattari's conception, and the desecration in Agamben's interpretation, this dissertation discusses the connection between varied artistic areas (such as performance, theater, cinema, etc.), as well as the relation between materials of the past and those of the present, in order to highlight the vast field of artistic creation and analysis present in the contemporary representative arts. Moreover, to demonstrate the strength of the tools discussed and deepened in this dissertation, the author developed a practical part, in which he weaves a dramaturgical text inspired by the ideas debated in the course of his theoretical work.
doi:10.11606/d.27.2017.tde-05092017-085830 fatcat:yyvqpz5m4bf2fovrg2jxnnzgsq