A LÍQUIDA LATERAL NA PRODUÇÃO DE BILÍNGUES POLONÊS/PORTUGUÊS

Giovana Ferreira-Gonçalves, Aline Vieira
unpublished
Resumo: O presente estudo, realizado no âmbito da sociofonética, busca descrever a realização da consoante líquida lateral /l/ em posição de coda silábica em uma comunidade bilíngue português/polonês. São analisados dados de produção oral de 12 sujeitos, habitantes de Arroio Grande/RS, distribuídos em grupos de bilíngues e monolíngues e divididos em três faixas etárias. Os dados são submetidos a três etapas de análise: análise de oitiva, análise estatística e análise acústica. Na análise de
more » ... . Na análise de oitiva, são verificados dados com características diferentes das encontradas em produções padrão do português brasileiro apenas na fala dos sujeitos pertencentes a faixas etárias mais avançadas e ao grupo dos bilíngues. Os sujeitos bilíngues da faixa etária mais jovem apresentam produções caracterizadas conforme a produção padrão do português brasileiro: produções vocalizadas. Dessa forma, os resultados vão ao encontro do que propõe a literatura-que a forma vocalizada não prevalece na fala de sujeitos que utilizam uma língua de imigração. Palavras-chave: Líquida lateral. Bilinguismo. Polonês. Abstract: This study, carried out within sociophonetics analyses, seeks to describe the performance of the lateral liquid consonant /l/ in the position of a syllabic coda in a group of people from a community where the speech is influenced by the language used by its inhabitants. In order to investigate this, it is analyzed the oral production of 12 people, inhabitants of Arroio Grande/RS. They are divided into groups of bilinguals and monologues and also in three age groups. The data are submitted to three stages of analysis: hearing, statistical and acoustic analysis. The findings are similar in the three stages. In the hearing analysis are found characteristics that differentiate from the standard Brazilian Portuguese, and these characteristics are produced only by the people who belong to the older bilingual group. However, the younger people from the bilingual group present voiced sounds, very similar to standard Brazilian Portuguese. This finding is in agreement with the linguistictheories that claim that the voiced sound do not prevail over the speech of second language speakers.
fatcat:qafcalh5jjda5aavytzdzjmoeu