Uma boa história ajuda a vender mais. E agora?

Solimar Garcia
2016 Revista Brasileira de Casos de Ensino em Administração  
_________________________________________________________________________________ Resumo Ana Claudia Teixeira fundou a Comidinhas da Itália e logo despontou como uma empreendedora de sucesso, industrializando massas frescas. Porém, após desentendimentos com sua sócia Luísa, Ana Claudia passou a ser o alvo de uma avalanche de notícias negativas sobre a falsidade da história de seu principal produto. Palavras-chave: Storytelling, ética empresarial, gestão de crise Abstract Ana Claudia Teixeira
more » ... Claudia Teixeira founded 'Comidinhas da Itália' and soon became a successful entrepreneur, producing pasta. But after disagreements with his partner Luisa, Ana Claudia suffered an avalanche of negative news about the falsity of the story of her main product. Kewwords: Storytelling, business ethics, crisis management Conheça a história da Massa da Vó Délia Em dezembro de 2010, a Comidinhas da Itália lançou o macarrão tipo italiano "Massa da Vó Délia", que em cinco anos atingiria 5% do mercado de massas frescas vendidas em todo o Brasil. Diante do sucesso do empreendimento, a proprietária, Ana Claudia Teixeira, sonhava crescer ainda mais, aumentando a linha de produtos e expandindo os pontos de venda. Na época da fundação, Ana Claudia contou que a vó Délia do nome do produto era sua avó, uma senhora viúva que veio da Itália no início do século passado com seus oito filhos, fugindo da crise que assolava a Europa. Naquele tempo as dificuldades financeiras eram muitas, e nos primeiros tempos de Brasil sua avó fazia uma massa de macarrão muito simples, desenvolvida a partir de uma receita da família, que levava apenas farinha, água e um segredinho, que trazia um sabor bastante especial e diferenciado. Com essa massa, a vó Délia alimentava toda a família e também a vizinhança. Nos momentos mais difíceis, a avó de Ana Claudia trocava suas massas por produtos que a família necessitava, como outros mantimentos, verduras, legumes e frutas, além de materiais escolares e produtos de limpeza. Dessa forma a família conseguiu sobreviver nos primeiros anos de Brasil. Essa história aparecia no rótulo do produto, bem como no site e em todos os folhetos da empresa. Isto rapidamente chamou a atenção da mídia, que se interessou pela história da avó e do surgimento da massa, e vários veículos publicaram matérias a respeito. A história do produto e da neta empresária passou a aparecer em diversos programas de televisão, incluindo Ana Maria Braga e Jô Soares, da Rede Globo. No final de 2013, quando a marca "Massa da Vó Délia" já era bastante conhecida no mercado e abocanhara 5% de Market share, surgiu um rumor de que a história da vó Délia era uma mentira, invenção da neta Ana Claudia Teixeira. A empresária foi acusada de criar a história da vó Délia para carregar nos fatores emocionais associados à marca e comover os consumidores. Houve uma denúncia
doi:10.12660/gvcasosv6n1c3 fatcat:vjfpenjfmvdwnkrgp6mexyur6q