Biodegradação de resíduos lignocelulósicos gerados na bananicultura e sua valorização para a produção de biogás

Ozair Souza, Mauri Federizzi, Bruna Coelho, Theodoro M. Wagner, Elisabeth Wisbeck
2010 Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental - Agriambi  
Propôs-se, neste trabalho, avaliar a potencialidade do uso de resíduos lignocelulósicos da bananicultura como substrato de fermentação do processo de metanização. Os resíduos casca de banana, engaço, folhas e pseudocaule da bananeira Musa cavendischii, foram biodegradados a 30 °C e pH 7,2, em diferentes volumes de trabalho, empregando-se como biodigestor frascos Erlenmeyer, garrafas plásticas e biorreator de bancada. A composição ideal do substrato para a metanização foi definida como: 50% m
more » ... nida como: 50% m m-1 de cascas, 25% de folhas e 25% de pseudocaule. O engaço, por apresentar baixa velocidade de biodegradação em comparação com as demais biomassas, não foi recomendado para a metanização conjunta dos resíduos. A hidrólise ácida prévia do substrato foi prejudicial à produção de biogás visto que, além de conduzir à formação de H2S no biogás gerado, inibiu a formação de CH4. O rendimento máximo em biogás, obtido em biodigestor de bancada empregando-se substrato in natura, foi de 244 LCNTP kg-1ST com 66,8% v v-1 de CH4.
doi:10.1590/s1415-43662010000400014 fatcat:yckhqxvn7ncercyswufaakkq4y