AVALIAÇÃO DA DISFUNÇÃO MIOCÁRDICA EM PACIENTES ONCOLÓGICOS SUBMETIDOS À QUIMIOTERAPIA

Hugo Alexandre Sousa Targino, Yago José Fernandes Vasconcellos, Luccas De Oliveira Madruga, Rodrigo Assis Machado De Araújo, Pedro Henrique Borges Sousa, Rafael Lucas Cartaxo Soares, Matheus Silva Dantas, Sávio Macedo Farias, Kleber Oliveira De Souza
2023 Zenodo  
As neoplasias são responsáveis por inúmeros casos de óbito, ganhando papel de destaque entre as principais patologias enfrentadas pela sociedade atual. A quimioterapia é um dos principais tratamentos para esta doença, contudo os quimioterápicos agem tanto sobre as células neoplásicas quanto sobre as células normais ocasionando por vezes resultados indesejados, a exemplo das disfunções cardíacas. Algumas estratégias foram sugeridas para tentar rastrear os possíveis efeitos deletérios. Dentre os
more » ... xames de imagem cardiovascular, o ecocardiograma, com o parâmetro de mensuração da fração de ejeção do ventrículo esquerdo (FEVE), evidencia a disfunção miocárdica demonstrando a redução da FEVE. Contudo este não é um parâmetro precoce e muitas vezes, ao ser detectada, a disfunção miocárdica pode ser irreversível. Buscou-se assim parâmetros ecocardiográficos mais precoces na avaliação da disfunção contrátil, sendo o Global Longitudinal Strain (GLS) uma alternativa na avaliação desses efeitos deletérios. Os pacientes do estudo foram selecionados no setor de Oncologia e submetidos ao ecocardiograma antes do tratamento quimioterápico, sob a avaliação do GLS e demais variáveis ecocardiográficas; devendo realizar novo exame ao final do ciclo de tratamento. Entre outubro/2019 e março/2020, oito pacientes realizaram os exames da fase inicial do estudo. Todos os parâmetros ecocardiográficos avaliados, diâmetros cavitários, FEVE e GLS encontraram-se normais na fase pré- quimioterapia. Em virtude da pandemia causada pela COVID-19 e principalmente pelo alto risco de contaminação dos pacientes durante a realização da pesquisa, foi optado pelo pesquisador orientador por interromper o estudo seguindo os preceitos bioéticos que devem reger todo o processo de ensino e pesquisa.
doi:10.5281/zenodo.7579170 fatcat:rmlt3ibu6bdddmm3nscll67ipq