Estudo de Propriedades Mecânicas de Placas Cerâmicas Fotovoltaicas para Aplicação em Fachadas Ventiladas

Vilson Menegon Bristot, Luís Eduardo Guollo Bertan, Natalia Pereira da Coreggio, Karina Donadel Carvalho, Agenor de Noni, Maykon Cargnin, Reginaldo Tassi
2017 Cerâmica Industrial  
Resumo O trabalho teve como objetivo estudar a resistência mecânica à flexão e a resistência a adesão de placas cerâmicas de porcelanato esmaltado retificado da referência Opus concreto AC para ser usada como placa de suporte em células fotovoltaicas. As placas cerâmicas foram preparadas no departamento técnico (DETEC) da empresa Eliane Revestimentos Cerâmicos, que futuramente serão utilizadas para construções de fachadas ventiladas com células fotovoltaicas, para a retenção e transformação da
more » ... nergia solar em energia elétrica. Para os ensaios foi utilizada a máquina de ensaios EMIC, da Instron, equipada com o software (bluehill instron). A série de maquinas EMIC dispõe a seus ensaios maquinas eletromecânicas micro processadas, acompanhadas de células de carga com capacidade de 10 e 100KN e suportes para testes de flexão e adesão. Para os ensaios de adesão foi utilizado silicone (silicone poliuretano PU 44). Os resultados dos ensaios apresentaram resistência média à flexão de 42.7 Mpa. De acordo com os resultados, as placas cerâmicas podem ser utilizadas em projetos de fachadas para o revestimento externo de edifícios com a implementação de células fotovoltaicas. Em relação aos testes de adesão o silicone apresentou uma resistência satisfatória nos dois modos distintos de aplicação de aproximadamente 570 N. Palavras-chave: resistência mecânica á flexão, resistência a adesão, energia solar, placa cerâmica.
doi:10.4322/cerind.2017.011 fatcat:d6ovvkda2bhkzazycaby4z7bcy