SÍNDROME DE ALIENAÇÃO PARENTAL, FALSO ABUSO SEXUAL E GUARDA COMPARTILHADA: A NECESSIDADE DE UMA OBSERVAÇÃO JURÍDICA TRANSDISCIPLINAR

Ana Maria Oliveira de Souza, CEULM/ULBRA, Brasil, Ricardo de Macedo Menna Barreto, CEULM/ULBRA, Brasil
2012 Espaço Jurídico  
Resumo: O presente texto tem por objetivo relacionar a síndrome da alienação parental, o falso abuso sexual e a guarda compartilhada partindo, para tanto, de uma perspectiva transdisciplinar. Visa-se, assim, desvelar noções que são comuns tanto ao Direito como a Psicologia a partir de uma perspectiva diferenciada. Especificamente, busca-se observar tanto aspectos jus-normativos, como a postura psicossocial que cristaliza a alienação parental, observando seus efeitos, sobretudo, em relação ao
more » ... o, em relação ao falso abuso sexual e a guarda compartilhada. Com efeito, as consequências da alienação parental tornam-se mais radicalizadas e universalizadas em um contexto de modernidade tardia, trazendo a necessidade de uma análise que parta de um prisma complexo, que não obstrua as relações de solidariedade existentes entre o Direito e a Psicologia. Palavras-chave: Direito. Transdisciplinaridade. Alienação Parental. Falso Abuso Sexual. Guarda Compartilhada.
doaj:71619708cc8e49b4b378c1bbb2feaa4f fatcat:4ylarm6aefag7cwph6gvbadg4y