Desempenho produtivo de Brycon orthotaenia em tanques-rede sob diferentes densidades de estocagem

Bruno Olivetti de Mattos, Adriano Carvalho Costa, Renato Silva Leal, Rilke Tadeu Fonseca de Freitas, Maria Emília de Sousa Gomes Pimenta, Thiago Archangelo Freato
2013 Ciência Rural  
O objetivo deste trabalho foi determinar a densidade de estocagem de matrinxã (Brycon orthotaenia) em tanques-rede, considerando o desempenho produtivo. Foram utilizados 5.280 juvenis de Brycon orthotaenia com peso inicial de 115,2g±5,7, os quais foram distribuídos em 16 tanques-rede de 4³m nas densidades de 45, 70, 95 e 120 peixes m-3 em quatro repetições. Os peixes foram alimentados com ração comercial de 40% de proteína bruta durante o período experimental. Os dados foram submetidos à
more » ... submetidos à análise de variância e à regressão linear para estimativa do melhor ajuste a 5% de probabilidade. Os parâmetros produtivos como sobrevivência, peso inicial, peso final, conversão alimentar e taxa de crescimento específico não foram influenciados pela densidade de estocagem, assim como os parâmetros de qualidade da água. Entretanto, para a variável biomassa final, ganho de biomassa e consumo de ração total, o efeito foi significativo e estas apresentaram relação linear positiva com a densidade de estocagem. Avaliando os resultados, pode-se concluir que a densidade de estocagem de matrinxã (Brycon orthotaenia) até 120 peixes m-3 é a que proporciona maior produtividade e não representa efeitos negativos sobre o desempenho dos peixes.
doi:10.1590/s0103-84782013005000058 fatcat:iayga2osgvbjxevxq62wopu2xy