Incidência de lesões musculoesqueléticas entre os trabalhadores dos serviços gerais do campus Dom Bosco da Universidade Federal de São João Del-Rei

Viviane Felícia dos Reis, Felipe Rezende Ferreira Alves, Mariana Maurício Moraes, Taynara Gabriele Aparecida de Paiva, Andréa Carmen Guimarães, Luiz Gonzaga Chiavegato Filho, Laila Cristina Moreira Damázio
2020 Biológicas & Saúde  
O presente estudo teve por objetivo avaliar a presença de LER/DORT (lesões por esforços repetitivos/distúrbios osteomusculares relacionados ao trabalho) entre os funcionários dos serviços gerais do Campus Dom Bosco da Universidade Federal de São João del-Rei. Trata-se de um estudo original, com delineamento transversal, em que a amostra foi composta por 24 funcionários, os quais foram submetidos à aplicação de uma ficha de anamnese, avaliação postural e realização de testes clínico-ortopédicos
more » ... línico-ortopédicos específicos. Os dados foram analisados pelo programa GrhamPrism 5.0, considerando o nível de significância de 5%. Os resultados demonstraram que existe alta incidência de distúrbios musculoesqueléticas entre os funcionários avaliados. As alterações posturais mais encontradas foram: as protrusões e inclinações da cabeça, elevações dos ombros, escápulas elevadas e aladas, hipercifose torácica, retificação torácica, hiperlordose lombar, escoliose, joelhos em valgo, varo e recurvatum e calcâneosem valgo. Deste modo, infere-se que a alta incidência de alterações posturais pode estar relacionada a atividade exercida pelo servidor, bem como a postura que este adota ao realizar tais atividades. Tal fato aponta a necessidade da realização de intervenções terapêuticas e preventivas que visem minimizar e prevenir tais danos nessa população.
doi:10.25242/8868103420202030 fatcat:xkhvolvc6favzkdjme4d7crrs4