O AFETO COMO DIFERENCIAL NAS RELAÇÕES FAMILIARES: UM CONVITE À MEDIAÇÃO COMO MEIO ADEQUADO DE RESOLUÇÃO DE CONFLITOS

Glenda Felix Oliveira
2018 Revista de Direito  
A família passou por uma série de transformações ao longo dos anos, deixando para trás o caráter meramente biológico e passando a se apoiar em novas bases. Atualmente, a família deve ser compreendida como um grupo social que se baseia em torno de laços afetivos. Em razão dessa nova moldura, surgiu o desafio de estabelecer formas para a resolução de conflitos decorrentes dessas relações. Diante disso, este artigo teve o objetivo de, por meio da pesquisa bibliográfica, apontar as peculiaridades
more » ... as peculiaridades das relações familiares, contemplando o afeto como seu traço diferencial. Teve ainda a ambição de compreender a mediação como a forma mais adequada para a resolução de tais conflitos. O método escolhido foi o jurídico-sociológico, que nos levou a constatar que a mediação deve ser estimulada nas ações familiares, por conseguir trabalhar de forma técnica com fatores tão subjetivos. O afeto, como base das relações familiares atuais, merece tratamento adequado dentro e fora do judiciário.
doi:10.32361/201810011969 fatcat:6tu4o55rwndzzdiina6dol47yq