FUNCIONALIDADE, ATIVIDADE E PARTICIPAÇÃO DE IDOSOS COM DOENÇA DE PARKINSON TRATADOS COM EXERGAME: UMA SÉRIE DE CASOS

Alana Das Mercês Silva, Isaías Pimentel Dos Santos, Daniel Dominguez Ferraz, Karen Valadares Trippo
2017 Revista Pesquisa em Fisioterapia  
Introdução: A doença de Parkinson (DP) é uma doença crônica degenerativa que acomete os núcleos da base e causa problemas cognitivos, redução da força muscular, instabilidade postural e aumento do risco de quedas. Apesar do reduzido número de estudos, o uso do exergame pela fisioterapia tem-se mostrado benéfico na melhora do equilíbrio, da função motora e da gravidade da doença, em indivíduos com DP. Objetivo: Avaliar o efeito de exercícios funcionais realizados com o uso de exergames na
more » ... alidade, atividade e participação de pacientes com DP. Metodologia: Consiste em uma série de casos de quatro idosos com Doença de Parkinson Primária (DPP) tratados com Exergame, durante oito semanas. Foi utilizado o KinectAdventures!, com os jogos "Cume dos Reflexos", "20.000 Vazamentos" e "Corredeiras", nos níveis básico, intermediário e avançado. Foram realizadas três sessões semanais, com duração de até uma hora. A Whodas 2.0 foi utilizada como critério para avaliação da funcionalidade, atividade e participação. Resultados: A mobilidade foi a função mais comprometida juntamente com a participação, condições comuns em pacientes com DP. Após o tratamento, houve uma redução do valor total da pontuação da Whodas 2.0 de 67,0 (52,5-77) para 45,5 (42-58,5), o que demonstra melhora da capacidade funcional dos participantes. Conclusão: A terapia com exergame mostrouuma resposta positiva na reabilitação dos idosos com DP, promovendo ganhos relacionados à mobilidade e participação do indivíduo.
doi:10.17267/2238-2704rpf.v7i4.1583 fatcat:bt3gmc4qmrgb7maelp7rhzzo5m