Atributos físicos de solos sob diferentes usos com irrigação no semiárido de Pernambuco

Rossini M. Corrêa, Maria B. G. dos S. Freire, Rinaldo L. C. Ferreira, José A. A. da Silva, Luiz G. M. Pessoa, Marcelo A. Miranda, Diego V. M. de Melo
2010 Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental - Agriambi  
Solos sob clima semiárido têm sido degradados pela salinização, reduzindo a capacidade produtiva. Objetivou-se com este trabalho, avaliar atributos físicos dos solos de um perímetro irrigado no semiárido do Nordeste do Brasil e comparar diferentes usos utilizando-se esses atributos. O trabalho foi desenvolvido no perímetro irrigado Icó-Mandantes, entre Petrolândia e Floresta, sertão de Pernambuco, no qual as populações foram estratificadas de acordo com os usos em áreas com culturas de ciclo
more » ... to (C), fruticultura (F), pastagem (P), áreas descartadas (D) e com vegetação nativa (V). Coletaram-se amostras de solo deformadas e indeformadas nas camadas de 0-10, 10-30 e 30-60 cm, para determinação dos atributos físicos. Os indicadores foram submetidos à análise multivariada, pela técnica de componentes principais e agrupamento pelo método Tocher. O uso agrícola promoveu alterações nos atributos físicos dos solos em relação à vegetação nativa. A qualidade do solo para os atributos físicos variou entre as camadas de 0-10 e 10-30 cm, exceto para o uso V, com qualidade similar nessas camadas. Os usos F e P indicaram melhor qualidade física do solo em relação ao uso C, de 0-10 e 10-30 cm, e o uso D mostrou a pior qualidade do solo nas camadas avaliadas.
doi:10.1590/s1415-43662010000400003 fatcat:lxf775f7rjesvfoecavgpregle