Mineração, degradação ambiental e arqueologia. Minas Gerais, Brasil século XVIII

Carlos Magno Guimarães, Camila Fernandes de Morais
2018 Memoria Americana  
Resumo A partir do final do século XVII a região central do Brasil foi palco de um intenso processo de exploração mineral -ouro e diamantes-que passou à história, identificado através da denominação de "Ciclo do Ouro". Utilizando técnicas desenvolvidas em função das condições ambientais, a atividade mineraria provocou impactos no ambiente/ paisagem que ainda hoje podem ser identificados como vestígios arqueológicos. A destruição da cobertura vegetal, as alterações radicais no relevo, o
more » ... nto e o ressecamento dos cursos d'água, são alguns dos impactos provocados por aquele processo extrativo. As antigas áreas exploradas apresentam hoje evidências de um processo natural de recuperação colocando os vestígios arqueológicos na condição de elementos a serem preservados, tanto na perspectiva patrimonial quanto ambiental. Este trabalho pretende abordar a forma como tais vestígios se apresentam bem como sua relevância para o estudo da história da mineração, da degradação ambiental e da questão patrimonial. Mining, environmental degradation and archeology. Minas Gerais, Brazil 18 th century Abstract By late 17th century Brazil's central region was the scenario of an intensive process of mineral exploitation -gold and diamonds-which came to be known as "Golden Cycle". Using techniques developed due to environmental conditions, the mining activity provoked impact on the landscape and environment which can be identified as archaeological records at present. Destruction of the vegetation cover, radical changes in the natural form of the land, the silting and dryness of watercourses are some of the consequences the extraction process
doi:10.34096/mace.v26i2.6215 fatcat:loq3uhanxre3lfacf3blrnvw7u