O uso de Formulações de Casos Extremos como estratégia discursivo-interacional de autovitimização em Audiências de Conciliação

Elaine Luzia Silva, Wânia Terezinha Ladeira
2011 Calidoscópio  
Extreme Case Formulations as discursive-interactional strategy of self victimization in Conciliation Hearings RESUMO -O objetivo deste artigo é mostrar, em linhas gerais, o trabalho de Pomerantz (1986) sobre a Formulação de Casos Extremos (FCEs) e investigar a fi nalidade do uso desse tipo de formulação em ambiente institucional de Audiências de Conciliação. Verifi camos que, nas Audiências de Conciliação do Juizado Especial, ocorre um fenômeno que não foi observado por Pomerantz. Ao fazerem
more » ... s descrições nesse ambiente institucional, FCEs são utilizadas pelos consumidores como um recurso discursivo para fortalecer seu papel de vítima nas audiências. Acreditamos que essa particularidade do uso das FCEs nesse tipo de interação esteja diretamente relacionada à orientação da instituição para o cumprimento da meta institucional das Audiências de Conciliação, que é o acordo. Para a análise dos dados, selecionamos duas audiências, que foram transcritas e analisadas a partir da perspectiva da Análise da Conversa Etnometodológica e da Fala-em-Interação Institucional. Palavras-chave: Formulação de Casos Extremos, fala-em-interação em contexto institucional, Análise da Conversa Etnometodológica. ABSTRACT - The aim of this article is to provide an overview of Pomerantz's (1986) work on Extreme Case Formulations (ECFs) and investigate the purpose of using this type of formulation in the institutional event of Conciliation Hearings. At the Conciliation Hearings of the Small Claims Court, we observed the occurrence of a phenomenon that was not reported by Pomerantz. In producing descriptions in this institutional setting, ECFs are used by complainants as a discursive resource to strengthen their role as a victim in the hearing. We believe that this particular use of ECFs in this kind of institutional talk is directly related to the orientation of this institution to the core goal of Conciliation Hearings, which is agreement. For data analysis, we selected two hearings which were transcribed and analyzed from the perspective of Conversation Analysis and Institutional Talk.
doi:10.4013/cld.2011.92.02 fatcat:vuiurkectfgxxby5fql7a5hjpe