Prematuros e prematuros tardios: suas diferenças e o aleitamento materno

Waléria Ferreira da Silva, Zelita Caldeira Ferreira Guedes
2015 Revista CEFAC  
Resumo:OBJETIVO:verificar se há diferenças entre recém nascidos prematuros e prematuros tardios no que se refere ao tempo de aleitamento materno e aleitamento materno exclusivo causas e consequências do desmame precoce. Ademais, foi observado o uso de oxigenoterapia e sonda para alimentação, número de sessões de fonoterapia e o tempo de internação.MÉTODOS:pesquisa de campo, de caráter exploratório e longitudinal. Participaram do estudo 82 mães de prematuros. Os dados categóricos foram resumidos
more » ... através de frequência absoluta e relativa ao total de pacientes em cada grupo estudado. Dados numéricos foram resumidos em média, mediana, desvio padrão, valor mínimo e valor máximo. Os dados quantitativos foram comparados com o teste não paramétrico de Mann-Whitney e as variáveis qualitativas foram comparadas com o teste de igualdade de duas proporções.RESULTADOS:houve significância estatística entre recém-nascidos prematuros e recém-nascidos prematuros tardios para as variáveis Apgar, tempo de internação, tempo de uso da sonda, número de sessões de fonoterapia, tempo de oxigenoterapia e tipo de ventilação mecânica.CONCLUSÃO:a presente pesquisa mostrou que os prematuros tardios apresentaram menor tempo de uso de sonda e oxigenoterapia, menor número de sessões de fonoterapia e menor tempo de internação hospitalar, fazendo-se imprescindível um olhar diferenciado entre os dois grupos de prematuros.
doi:10.1590/1982-0216201517417514 fatcat:hm5n7ny7cbhf7fdxfauadkepv4