A autoridade, o desejo e a alquimia da política: linguagem e poder na constituição do papado medieval (1060-1120)

Leandro Duarte Rust
2011 Varia História  
O tema deste artigo é a compreensão política propagada entre as décadas de 1060 e 1120 por eminentes eclesiásticos engajados na legitimação e no exercício do poder papal. O exame de epístolas, crônicas e de outros registros escritos do período revela que os assim chamados "papistas" freqüentemente operavam uma transfiguração da política ao envolvê-la em ancestrais tramas de sentido colhidas junto à tradição letrada eclesiástica. Aspecto exemplificado pela idéia de "desejo", que desponta na
more » ... ue desponta na documentação quando o historiador volta suas atenções para a investigação dos fundamentos do poder político na civilização medieval. Ela permeia as experiências de autoridade e legitimidade, os posicionamentos acerca do recurso à violência; a crença na hierarquização de poderes. Este breve estudo se detém, portanto, nas imbricadas relações existentes entre a prática do poder, o pensamento político e a linguagem.
doi:10.1590/s0104-87752011000100008 fatcat:s7kr3kti3bcnxnpvko3kmpkusa