As tecnologias interativas no ensino

Vítor F. Ferreira
1998 Química Nova  
Recebido em 16/12/97; aceito em 12/3/98 THE INTERACTIVE TECHNOLOGIES AND TEACHING. The way new interactive computer technologies and the resources of the Internet could be used by teachers and students are explored. The possibilities of some of the Internet resources in chemistry are described. EDUCAÇÃO INTRODUÇÃO Atualmente o mundo está se deparando com uma revolução nas comunicações entre os povos através das novas tecnologias de comunicação que estão disponíveis no mercado. Depois destas
more » ... . Depois destas tecnologias terem alcançado vários setores da sociedade, a educação é uma das áreas que está sendo consideravelmente afetada por esta onda tecnológica. Basicamente estamos falando da introdução do computador nas salas de aulas, com seus programas interativos e acesso aos recursos da Internet. Uma pesquisa nas bases de dados do MEDLINE 1 (dez/97) e Carl UnCover 2 na palavra chave "Internet Education" indicou 565 e 190 citações, respectivamente, de trabalhos publicados nos últimos quatro anos. Estas novas tecnologias têm causado desde uma grande euforia por alguns, até uma preocupação exagerada por outros educadores. O objetivo deste trabalho é olhar as tendências atuais que estão ocorrendo nesta área, verificar as alternativas para os educadores e tentar observar como estas tecnologias estão se inserindo na área da química. Neste aspecto identificamos, dentre várias outras, algumas questões que consideramos relevantes e que merecem uma reflexão: 1) Qual será a relação entre o professor e o aluno com esta onda tecnológica que está entrando no sistema educacional? 2) Como deverá ser a interação entre os alunos e estes recursos tecnológicos? 3) Qual o diagnóstico que pode ser feito atualmente nos países onde esta revolução tecnológica já está em andamento? 4) Para criar sistemas educacionais eficientes precisaremos de escolas com os mais sofisticados e atuais intrumentos tecnológicos? 5) Como a Internet está organizada para dar suporte ao professor e ao estudante? 6) O material que está sendo distruibuído na Internet é confiável? 7) O uso da tecnologia no ensino determinará o processo de aprendizagem, ou o processo de aprendizagem deverá determinar o uso da tecnologia no ensino? 8) Qual o tipo de impacto que se espera desta onda tecnológica no ensino? 9) Ela promove a melhoria do ensino? Ela aumenta o acesso a educação? 10) Como a química, uma ciência central, está participando deste processo? 11) Quais as áreas que atualmente têm mais se beneficiado com estas tecnologias? DISCUSSÃO Como mencionado anteriormente, as ferramentas tecnológicas estão se espalhando explosivamente na educação, principalmente na área da ciência. Porém, chegou-se a um ponto onde os educadores devem dar um passo atrás e pensarem cuidadosamente como esta avalanche tecnológica se ajusta ao seu esquema educacional, pois existem muitos educadores que pensam que a tecnologia sozinha é uma panacéia para a educação e que, simplesmente aplicando toda esta tecnologia atual estarão resolvidos todos os problemas educacionais. Alguns autores mostram que há uma tendência messiânica de colocar a tecnologia e o computador como salvadores da educação e dos estudantes, livrando-os das aulas chatas, dos pensamentos provincianos e da falta de motivação nas aulas tradicionais 3 . Tecnologia por si mesma não é uma cura radical e não vai resolver todos os problemas. Ela pode ser uma ferramenta para resolver alguns deles, mas sua aplicação pura e simples não solucionará a maioria destes problemas. Nos parágrafos a seguir gostaria de discutir os vetores deste processo individualmente. O Professor "Books will soon be obsolete in the schools ......Scholars will soon be able to instruct through the eyes. It is possible to touch every branch of human knowledge with motion picture" - Thomas A Edison (1913) 4 . Um dos elos mais importante neste processo são os professores, que precisarão decidir como irão atuar nesta revolução tecnológica. Pensar que a tecnologia, principalmente o computador e a Internet, substituirão os professores e que não devemos nos preocupar com a formação de novos professores, já é um sintoma de uma doença no processo ou um otimismo exagerado pelos mais iniciados nestas tecnologias. Um dos problemas mais graves observados nesta onda tecnológica é a preparação adequada dos professores. Eles precisam ser motivados e encorajados ao uso da tecnologia no seu plano didático. Logo, novas formas de treinamento e atualização precisam ser cuidadosamente criadas visando dar opções de escolha aos educadores 5 . Além disso, para preparar e motivar os alunos para este novo ambiente tecnológico, os professores precisam estar equipados para ensinarem usando destas tecnologias. Neste caso é responsabilidade das "escolas-universidades" a provisão de tais ferramentas. Alguns entusiastas do uso do computador na sala de aula chegam a afirmar que "os estudantes não ficam isolados com o uso do computador pois os professores estão lá para encorajálos (note-se não estão lá pra ensiná-los ou encorajá-los) e ao usarem o computador no ensino logo descobrem que as "máquinas" são suficientemente independentes e, no máximo o que eles poderão fazer é agir como treinador ou facilitador" 6 . Em nossa opinião utilizar computador imitando o professor é um erro de análise do contexto.
doi:10.1590/s0100-40421998000600019 fatcat:4ygqazorbne7zepvrx5jgsgsla