Avaliação do tratamento da hérnia perineal bilateral no cão por acesso dorsal ao ânus

Andrea Acaui, Angelo João Stopiglia, Julia Maria Matera, Silvia Renata Gaido Cortopassi, Procássia Maria de Oliveira Lacerda
2010 Brazilian Journal of Veterinary Research and Animal Science  
O objetivo do presente estudo foi avaliar a evolução e as complicações pós-operatórias do tratamento de hérnias perineais bilaterais, por acesso dorsal ao ânus, em 14 cães com idade entre seis e 12 anos. Realizou-se incisão em forma de 'U' invertido, a qual se estendeu desde a porção lateral da tuberosidade isquiática do lado esquerdo, curvando-se em direção à linha mediana, dois centímetros dorsalmente ao ânus e dirigindo-se simetricamente para a extremidade da tuberosidade isquiática
more » ... isquiática contralateral. Após redução da hérnia, os músculos do diafragma pélvico direito e esquerdo foram suturados pela técnica de elevação do músculo obturador interno. As complicações observadas no período pós-operatório foram incontinência fecal, contaminação da ferida, deiscência de pontos da sutura cutânea, incontinência urinária e recidiva em um cão 19 dias após procedimento cirúrgico. O acesso utilizado foi exequível e todos os cães submetidos à técnica operatória proposta não apresentaram recidivas em um período entre cinco e dez meses de avaliação pós-operatório.
doi:10.11606/issn.1678-4456.bjvras.2010.26805 fatcat:4m5iibqb3fak3kscajjkp7wtiu