THE INFLUENCE OF TECHNOLOGY ON THE PERFORMANCE OF BRAZILIAN CALL CENTERS

Paulo Giao, Felipe Borini, Moacir Oliveira Junior
2010 Journal of Information Systems and Technology Management  
Call centers (CCs) show an evolution over the course of time. There is an intensive use of technology in CCs, although not always a positive side. The article is based on a survey carried out among the 103 Brazilian companies that have come (falta algum complemento, não conseguimos entender a frase) and call center services and seeks to verify the contribution of technology in four distinct dimensions: cost reduction, customer relations, communication channels and monitoring of employees. The
more » ... of employees. The theoretical framework is eclectic based on strategic considerations, details of the technical areas of telecommunications and information technology, marketing. It focus particularly in the area of customer relations and especially of various national and international studies that have been developed regarding service and customer satisfaction. The results show that heavy use of technology does not mean a general improvement in performance in all dimensions assessed and some dimensions choices to be made over others. RESUMO Os call centers (CC) têm mostrado constante evolução com o decorrer do tempo. Existe um uso intensivo de tecnologia nos CCs. No entanto, nem sempre para um lado positivo. O artigo é baseado em um survey feito com 103 empresas brasileiras que possuem ou provêm serviços de call center e procura verificar a contribuição da tecnologia sobre quatro distintas dimensões: redução de custos, relacionamento com clientes, canais de comunicação e monitoramento dos empregados. O referencial teórico utilizado é bastante eclético baseando-se em considerações estratégicas, informações das áreas técnicas de telecomunicações e tecnologia da informação, marketing em especial à área de relacionamento com clientes e, principalmente, de vários estudos nacionais e internacionais que vêm sendo desenvolvidos a respeito do atendimento e satisfação dos clientes. Os resultados mostram que o uso intenso de tecnologia não significa uma melhoria geral no desempenho de atendimento em todas as dimensões avaliadas e que escolhas precisam ser feitas por algumas dimensões em detrimento de outras. Palavras-Chave: tecnologia, call center, telecomunicações; desempenho, estratégia organizacional.
doi:10.4301/s1807-17752010000200005 fatcat:wufps5hosvh6vd6e7pfiye6lym