PERCEPÇÃO DE IDOSOS COM DOENÇAS CRÔNICAS SOBRE A PERDA DA FUNCIONALIDADE E DA AUTONOMIA [chapter]

Maria Vieira de Lima Saintrain, Caroline Barbosa Lourenço, Caroline Ferreira Martins, Ana Nery Melo Cavalcante, Rosa Lívia Freitas de Almeida, Raimunda Magalhães da Silva
2020 New Trends In Qualitative Research  
Resumo. Introdução:O envelhecer natural e saudável pode ser objeto de mudanças estruturais e funcionais, manifestando-se como natural do ser humano. Objetivo: Conhecer a percepção dos idosos sobre a perda da funcionalidade e da autonomia causada pelas doenças crônicas. Método: Pesquisa qualitativa desenvolvida com 14 idosos em área urbana, adstrita à Unidade Básica de Saúde, em município do Nordeste brasileiro. Os idosos responderam entrevista semiestruturada, utilizando perguntas abertas para
more » ... untas abertas para permitir o fluxo livre de suas respostas. Estas foram transcritas na íntegra e, para tratamento dos dados, optou-se pela Análise de Conteúdo preconizada por Bardin. A recolha dos indicadores assentou-se nas indagações: Quais as interferências das doenças crônicas nas condições de vida dos idosos? Como os idosos se sentem com a perda da funcionalidade? De que maneira eles se sentem com a sua autonomia?. Resultado: Ao categorizar as falas, surgem sentimentos de tristeza, vontade de morrer, aflições quanto ao modo de viver na familia e na sociedade. A perda da funcionalidade dimensiona constrangimento consigo mesmo, enquanto a autonomia reflete a percepção sobre o prejuízo da habilidade de cuidar de si, a falta de interação com os outros e seu papel social.Conclusão:O idoso com vulnerabilidade funcional e de autonomia denota sentimentos que afetam a compreensãoda liberdade, a conduta do cuidar de si e os valores na tomada de decisão. Palavras-chave: Doenças Crônicas; Funcionalidade; Autonomia; Pessoa Idosa. CHRONICALLY ILL OLDER ADULTS' PERCEPTION OF LOSS OF FUNCTIONALITY AND AUTONOMY Abstract. Introduction: Natural and healthy aging can undergo structural and functional changes and manifest itself as a natural human process. Objective: To know older adults' perception of loss of functionality and autonomy caused by chronic diseases. Method: This is a qualitative study of 14 older people in an urban area covered by a Primary Health Care center in a municipality in Northeastern Brazil. Semi-structured interviews were held with the participants using open-ended questions to allow the free flow of their answers. They were transcribed verbatim and data were treated using Bardin's Content Analysis. Data collection was based on the questions: what are the interferences of chronic diseases in older adults' living conditions? How do older adults feel about loss of functionality? and How do they fell about their autonomy? Results: The categorization of the responses revealed feelings of sadness, desire to die, and anguish related to the mode of life within the family and society. Loss of functionality caused embarrassment about themselves and autonomy reflected their perception of self-care, lackof interaction with others and their social role. Conclusion: Older adults with impaired functionality and autonomy experience feelings that affect their understanding of freedom andpractice of self-care and decision-making skills.
doi:10.36367/ntqr.3.2020.975-983 fatcat:4qfl7oi6wjfwzbzdq5ij66gi3y