BOLETIM GEOGRÁFICO DO RIO GRANDE DO SUL: HISTÓRICO, PRODUÇÃO E PERSPECTIVAS

Fernando Dreissig De Moraes
unpublished
RESUMO Este artigo objetiva realizar uma análise sobre o "Boletim Geográfico do Rio Grande do Sul", publicação editada entre 1955 e 1980 pela atual Divisão de Geografia e Cartografia do Estado do Rio Grande do Sul. Essa análise é feita basicamente a partir de três eixos: histórico, produção bibliográfica e perspectivas futuras. Para realizar este estudo, foram analisadas 23 edições divididas em 18 volumes, no qual foi organizado um pequeno banco de dados onde foram identificados nome de
more » ... dos nome de artigos, autoria, formação/função do autor e breve resumo do texto. Também realizou-se pesquisa bibliográfica para contextualizar o contexto científico do campo da Geografia ao longo da trajetória do Boletim. Com as informações e análises realizadas, foram apresentados gráficos e tabelas que demonstram o perfil da publicação. Também foi possível perceber a influência que algumas correntes teóricas tiveram nos trabalhos publicados, como a chamada geografia tradicional e também a geografia teorética. Para o futuro, o contexto do acesso aberto a periódicos facilita o compartilhamento de conhecimento e proporciona um maior intercâmbio entre Estado, acadêmicos e cidadãos. PALAVRAS-CHAVE: periódico; produção bibliográfica; acesso aberto; Rio Grande do Sul. ABSTRACT This paper aims to perform an analysis of the "Boletim Geográfico do Rio Grande do Sul" , a publication edited between 1955 and 1980 by the current Division of Geography and Cartography of Rio Grande do Sul State. This analysis is primarily based on three parts: history, bibliographic production and future prospects. To conduct this study, 23 editions, divided into 18 volumes, were analised and organized in a small database where name articles, authoring, graduation/function of the author and brief summary of the text were identified. Literature search was also conducted to contextualize the scientific context of the field of geography along the trajectory of the Bulletin. With the information and analyzes, graphs and tables showing the profile of the publication were presented. It was also possible to see the influence of some theoretical currents were published in works such as the so-called traditional geography and also the quantitative geography. For the future, the context of open access journals facilitates the sharing of knowledge and provides a better communication between state, academics and citizens. INTRODUÇÃO Este artigo objetiva realizar uma análise qualitativa e quantitativa sobre a produção bibliográfica do Boletim Geográfico do Rio Grande do Sul (BGRS) e o seu contexto de reativação. Essa tarefa é basicamente realizada observando três fundamentos: histórico, produção bibliográfica (técnica e científica) e perspectivas futuras. O BGRS foi uma publicação editada pela atual Divisão de Geografia e Cartografia (DGC) 1 do Estado do Rio Grande do Sul entre 1955 e 1980. Neste período, foram lançados 23 números contendo artigos, resumos, transcrições, notícias e legislações que representavam parte do
fatcat:r7ia5rqwpne23lyo56ik5xo33a