SOBRE AS OCUPAÇÕES DE IDOSOS EM CONDIÇÃO DE HOSPITALIZAÇÃO: QUAL A FORMA E O SIGNIFICADO?

Camila R. V. de Almeida, Airle M. de Souza, Victor A. C. Corrêa
2017 Cadernos de Terapia Ocupacional  
Resumo: Introdução: O envelhecimento é um fenômeno universal, complexo e multidimensional, que causa inúmeras repercussões nas ocupações e na participação social dos idosos. O processo de hospitalização, nesta fase da vida, pode repercutir nas ocupações rotineiras e significativas, gerando rupturas, mudanças e afastamentos das preferências ocupacionais do dia a dia. Objetivo: Considerando-se as possíveis repercussões do adoecimento e da hospitalização nas ocupações, na saúde e no bem-estar de
more » ... e no bem-estar de pessoas idosas, esta pesquisa buscou compreender como se apresentavam a forma e o significado das ocupações de idosos em situação de hospitalização. Método: Trata-se de uma pesquisa de natureza qualitativa, do tipo exploratória descritiva. A pesquisa foi realizada na clínica médica de um hospital público no Estado do Pará, no período de maio a julho de 2013. Participaram da pesquisa 12 idosos, sendo aplicada uma entrevista semidirigida. As entrevistas foram analisadas através da análise do conteúdo. Resultados: A pesquisa revelou as experiências ocupacionais de idosos hospitalizados e que ocorreram mudanças no rol e nos ritmos das ocupações, e nas preferências ocupacionais. Verificou-se a ocorrência de perdas ocupacionais e alterações na forma e no significado das ocupações. Conclusão: A pesquisa ofereceu um espaço para que idosos pudessem expressar como percebiam suas ocupações durante a hospitalização. Tais relatos e registros podem auxiliar e contribuir na compreensão da dimensão ocupacional destas pessoas durante a hospitalização. Abstract: Introduction: Aging is a universal, complex, multidimensional phenomenon that causes numerous repercussions in the occupations and social participation of older people. The process of hospitalization at this stage of life can affect the routine and meaningful occupations, generating ruptures, changes and departures from occupational preferences of the daily routine. Objective: Considering the possible repercussions of illness and hospitalization in occupations, health and the elderly welfare, this research sought to understand the form and meaning of the nursing occupations in a hospital situation. Method: This is a qualitative, descriptive exploratory research. The survey was conducted in a public hospital clinic in the state of Pará, from May to July 2013. Twelve elderly participated of the research, using a semistructured interview. The interviews were analyzed by content analysis. Results: The survey revealed the occupational experiences of hospitalized elderly. The results showed changes in the occupational role, rhythms and preferences. We observed occupational losses and changes in the form and meaning of occupations. Conclusion: The research offered a space where older people could express how they perceived their occupations during hospitalization. Such accounts and records can help and contribute to the understanding of the occupational dimension of these people during hospitalization.
doi:10.4322/0104-4931.ctoao0706 fatcat:q2gyb43zinhmblxtjyyo6gulli