Prevalência de acidentes de trabalho graves em idosos no município de Santa Maria, Rio Grande do Sul: evolução dos casos

Deise Iop Tavares, Gessica Bordim Viero Schlemer, Tamires Darós dos Santos, Sandra Beatriz Aires dos Santos, Julieser Costa dos Santos, Melissa Medeiros Braz
2018 Saúde (Santa Maria)  
Introdução: Os acidentes de trabalho são considerados a principal causa de agravo à saúde dos trabalhadores, causando grande impacto sobre a produtividade e sofrimento para a sociedade, repercutindo em elevados custos sociais e econômicos. Objetivo: Investigar a prevalência de casos notificados de acidentes de trabalho graves conforme sexo e faixa etária em idosos do município de Santa Maria, Rio Grande do Sul, retratando a evolução dos casos. Metodologia: Pesquisa descritiva utilizando dados
more » ... utilizando dados secundários de uma fonte pública de pesquisa do Datasus, na opção "Acidente de trabalho grave". Em "Linha" foi selecionado o "Município de notificação", em "Coluna" a "Faixa etária" e em "Conteúdo" a "Frequência". Como "Períodos disponíveis" foram selecionados isoladamente os anos de 2012 a 2017. Na "Faixa etária" foram selecionados os itens "60 a 69 anos", "70 a 79 anos" e "80 anos e mais". Em "Município de notificação" foi selecionada a cidade de "Santa Maria". Na tabela de "Sexo" foram selecionados isoladamente os itens "Feminino", "Masculino", "Ignorado" e "Em branco". Em "Evolução caso" os itens "Ignorado/Em branco", "Cura", "Incapacidade temporária", "Incapacidade parcial permanente", "Incapacidade total permanente", "Óbito pelo acidente", "Óbito por outras causas" e "Outra" sendo todos esses itens selecionados isoladamente. Resultados: Foram encontrados 66 casos de acidentes de trabalho em idosos. Destes, 61 foram em homens e se teve uma maior prevalência de idosos com 60 a 69 anos (58). Em relação a evolução do caso, 49 apresentaram incapacidade temporária e 3 tiveram óbito devido ao acidente de trabalho. Conclusão: Observa-se uma maior prevalência de casos notificados de acidentes de trabalho graves na faixa etária de 60 a 69 anos, sexo masculino e a incapacidade temporária provocada pelo acidente. Espera-se que com estes dados se tenha um maior conhecimento sobre os acidentes e seus agravos e se possam elaborar ações para evitá-los.
doi:10.5902/2236583433812 fatcat:2hcvpgs4vbcgrezqiqvrdzivpi