Percepção da internação em hospital psiquiátrico por pacientes com diagnóstico de esquizofrenia

Andrea Ruzzi Pereira, Gabrielly Joazeiro
2015 O Mundo da Saúde  
Resumo O hospital psiquiátrico, apesar de não ser mais o centro da atenção em saúde mental, ainda é um recurso bastante utilizado nos casos de transtornos mentais mais graves, como a esquizofrenia. Com isso, esse trabalho objetivou conhecer a percepção dos próprios pacientes com esquizofrenia sobre a internação integral em uma dessas instituições. Trata-se de estudo exploratório descritivo, de abordagem qualitativa, cujos dados foram coletados em um hospital psiquiátrico por meio de entrevista
more » ... meio de entrevista semiestruturada. Participaram desta pesquisa oito pessoas com idade entre 24 e 52 anos, alguns com outros diagnósticos associados ao da esquizofrenia, sendo que todos já haviam sido internados anteriormente. Conclui-se que, enquanto uma porta de entrada nos momentos de crise psicótica, o hospital psiquiátrico tende a ser percebido pelos sujeitos entrevistados como um local para restabelecimento da saúde e um meio de acesso a alimentação, aos medicamentos necessários e às atividades de higiene. Palavras-chave: Esquizofrenia. Hospitalização. Saúde Mental. Abstract The psychiatric hospital although is no longer the center of mental health attention, even so is a commonly used resource in cases of serious illnesses such as schizophrenia. Thus, this study aims to understand the perception of the person with schizophrenia on the full admission in one of these institutions. It is a descriptive exploratory study, of qualitative approach, whose data were collected in a psychiatric hospital through a semi-structured interview. Eight people, between the ages of 24 and 52, were interviewed; some with other diagnostics related to schizophrenia and all of them had been previously hospitalized. The findings imply that the psychiatric hospital, a gateway to health assistance in a psychotic crisis, is perceived as a place to restore health and means to access food, necessary medicines and hygiene facilities.
doi:10.15343/0104-7809.20153904476483 fatcat:uxjyt3px7fetrpcwer5daxbbxa