O uso de estatinas no Acidente Vascular Cerebral

José Olímpio Tavares De Souza, Lúcia Marques Alves Vianna
2001 Revista Neurociências  
Objetivo. Este trabalho objetivou realizar uma revisão da associação entre estatinas e AVC. Método. Foi realizada uma pesquisa bibliográfica no banco de dados MEDLINE, LILACS e no portal CAPES para identificar artigos relevantes publicados entre 1997 e 2010 que relatassem tal associação. Os artigos foram selecionados segundo os critérios de Oxman e Guyatt e classificados quanto à sua metodologia. Seguindo os critérios anteriores, selecionaram-se 52 artigos, por meio dos quais foram constatados
more » ... foram constatados os efeitos inibidores das estatinas na síntese do colesterol. Resultados. Confirmou-se, também, o efeito vasodilatador e antioxidante das estatinas, pois seu uso proporciona a redução na formação de radicais livres, favorece a vasodilatação e diminui a degradação do óxido nítrico. Conclusão. Em vista dos resultados apresentados, confirmaram-se os efeitos benéficos do uso de estatinas em pacientes com AVC.
doi:10.34024/rnc.2011.v19.8411 fatcat:fg2h2ymlcja4hixeeqxk35mtcm