O PROCESSO DE INTEGRAÇÃO REGIONAL NA AMÉRICA DO SUL: UMA ABORDAGEM DO PONTO DE VISTA POLÍTICO-ESTRATÉGICO

Luiz Carlos Fumiaki Miwa
2017 Revista da Escola Superior de Guerra  
RESUMO São notáveis os esforços que a humanidade vem empreendendo, no decorrer de sua existência, em busca do provimento do bem-estar e da harmonia entre os membros das diversas comunidades espalhadas pelo planeta. Talvez, com esse propósito, a ideia de integrar regiões pareça, a princípio, adequada, embora haja, somente, indícios quanto a seus reais propósitos e em que medida os resultados refletirão sua efetividade. Portanto, exibe-se como síntese do objetivo deste estudo: uma breve análise
more » ... uma breve análise sobre até que ponto a integração regional é capaz de constituir uma forma para, do ponto de vista político-estratégico, reduzir a possibilidade de conflitos armados. Em tempos de globalização, em que há uma intensificação das relações entre os estados, tais conexões seriam suficientes para tornar o mundo um lugar mais harmonioso e não mais palco de conflitos armados? A metodologia aplicada baseou-se em pesquisa bibliográfica e documental. Esta última em sítios na internet do Banco Mundial, da Organização das Nações Unidas (PNUD) e do anuário do stockholm international Peace research institute (SIPRI). Em particular, foi dada ênfase ao processo de integração desenvolvido na América do Sul, pelo Mercado Comum do Sul (MERCOSUL) e União de Nações Sul-Americanas (UNASUL). Sem a mínima pretensão em esgotar o assunto, acredita-se que ainda sejam escassos os exames críticos sobre o tema e que a principal contribuição seja um incentivo a novas pesquisas com a associação entre a visão econômica e a vertente políticoestratégica.
doi:10.21826/01021788326601 fatcat:tsuxvjin35fvldjyugzjd2ivli