CARACTERIZAÇÃO DA FLORA ARBÓREA NA MATA CILIAR DO CÓRREGO ARAREAU NO PERÍMETRO URBANO DE RONDONÓPOLIS (MATO GROSSO) CHARACTERIZATION OF THE ARBOREAL FLORA IN THE RIPARIAN VEGETATION OF THE ARAREAU STREAM IN THE URBAN PERIMETER OF RONDONÓPOLIS (STATE OF MATO GROSSO)

Jeater Maciel, Correa Santos, Dhonatan Pessi, Maria Simoni, Loverde-Oliveira
2018 unpublished
RESUMO: As matas ciliares urbanas possuem um papel importante na dinâmica biológica servindo como um meio de refúgio da biota aquática e terrestre, influenciam na qualidade de vida urbana e possuem grande valor econômico, estético e social, portanto, o objetivo do presente estudo foi efetuar um levantamento de espécies da flora arbórea na mata ciliar do córrego Arareau nos limites da área urbana do município de Rondonópolis, Mato Grosso, na tentativa de responder qual é a contribuição das
more » ... es nativas, cultivadas e exóticas; dentre as espécies nativas quais constam na Lista Vermelha da Flora e; qual a similaridade florística com outros levantamentos para a mesma região. O levantamento das espécies foi realizado entre outubro e novembro de 2014 através de caminhadas em toda a mata ciliar urbana desde a sua montante até a foz do córrego Arareau. Foram identificadas 127 espécies, 104 gêneros de 43 famílias. As famílias com maior riqueza de espécies foram Fabaceae com 31 espécies, Euphorbiaceae com 8 espécies, Bignoniaceae com 8 espécies, Aracaceae com 7 espécies, Moraceae com 7 espécies, Anacardiaceae com 6 espécies, Malvaceae com 5 espécies e Myrtaceae com 5 espécies. Juntas, estas famílias somaram 37,75% do total levantado. Foram catalogadas 10 espécies na Lista Vermelha da Flora sob algum tipo de risco, em especial Schefflera morototoni. Considerando o tamanho da área, o grau de antropização na mata ciliar e o número de espécies catalogadas, a riqueza pode ser considerada elevada sendo que a maioria das espécies possuem ampla distribuição geográfica no Cerrado, porém tem características estruturais e tipos da flora indicativas de que a antropização vem interferindo nos processos de sucessão das espécies vegetais. Desta forma, os estudos florísticos são importantes para subsidiar o manejo e conservação destes corredores de biodiversidade. Palavras-chave: Levantamento florístico. Vegetação Ciliar. Córrego Arareau. ABSTRACT: Urban riparian vegetation plays a key role in the biological dynamics providing refuge for the aquatic and terrestrial biota, influence the quality of urban life and have great economic, aesthetic and social value, therefore, the goal of the present study was to conduct a survey on the arboreal flora species in the riparian vegetation of the Arareau Stream in the limits of the urban area of the municipality of Rondonópolis, State of Mato Grosso, in an attempt to determine the contribution of native, cultivated and exotic species; among the native species, which ones are listed in the Red List of Flora and; compare the floristic similarity with other surveys for the same region. The survey of the species was performed between October and November of 2014 by means of walks in all the urban riparian vegetation from the headwaters to the mouth of the ArareauStream. We identified 127 species, 104 genera from 43 families. The most species-rich families were Fabaceae with 31 species, Euphorbiaceae with 8 species, Bignoniaceae with 8 species, Aracaceae with 7 species, Moraceae with 7 species, Anacardiaceae with 6 species, Malvaceae with 5 species and Myrtaceae with 5 species. Together, these families accounted for 37.75% of the total surveyed. Ten species were listed on the Red List of Flora at some type of risk, especially Schefflera morototoni. Considering the size of the area, the degree of anthropization in the riparian vegetation and the number of species cataloged, the richness can be considered high and most of the species have a wide geographic distribution in the Cerrado, however it has structural characteristics and flora types indicating that anthropization has been interfering with the succession processes of plant species. In this way, floristic studies are important to subsidize the management and conservation of these biodiversity corridors.
fatcat:of2esl6hxvfttn7oiwugomiazu