Pesquisa de aglutininas antileptospira em diferentes grupos profissionais na cidade de Londrina, Paraná

L.M. Vasconcelos, E.O. Cisalpino, M.N.R. Vieira, M.C. Koury
1992 Revista da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical  
Realizou-se um levantamento soroepidemiológico na cidade de Londrina - Paraná, para leptospirose, em 49 indivíduos não expostos a risco, 75 trabalhadores da limpeza pública, 55 indivíduos com atividade em ambiente hospitalar e 29 trabalhadores do Departamento de Água e Esgoto. Dos 208 soros analisados pela reação de soroaglutinação microscópica, 28,4% apresentaram aglutininas antileptospira. A maior positividade foi encontrada nos soros dos trabalhadores da limpeza pública (46,7%).
doi:10.1590/s0037-86821992000400007 pmid:1340540 fatcat:qojv5pb5uzcevp3y52fwrqm5dy