Antropologia biológica: uma breve incursão histórica

Verlan Valle Gaspar Neto
2019 Ciência e Cultura  
Já no âmbito dos estudos envolvendo populações humanas contemporâneas, o sexto artigo, escrito por Pedro Da-Gloria e Barbara Piperata, apresenta os resultados de suas pesquisas junto a populações ribeirinhas da Amazônia. O foco do artigo recai sobre os modos de vida dessas populações a partir de uma perspectiva biocultural, ou seja, buscando considerar tanto a biologia como a cultura para compreender a dinâmica comportamental dessas populações. O artigo trata de temas como saúde bucal, medidas
more » ... úde bucal, medidas corporais, dieta e balanço energético, e, por fim, traça possibilidades de integração de estudos com populações do presente e do passado. Para encerrar, Letícia Müller e Hilton Silva retomam a história da bioantropologia e o diálogo interdisciplinar, tendo como foco o PPGA/UFPA. Se no primeiro aspecto os autores entrelaçam os fios históricos da antropologia biológica aos níveis mundial, nacional (Brasil) e regional (Pará), no segundo discutem as possibilidades e alcances do modelo institucional dos "quatro campos" [3], há muito presente em outros contextos nacionais, mas que apenas recentemente ganhou materialidade no país. Dentro do lastro temporal aludido (últimos 60 anos), talvez esta seja a primeira iniciativa no país de reunir e divulgar para um público científico mais amplo o que tem sido feito no âmbito da bioantropologia brasileira. Sendo assim, convidamos os leitores para que incursionem, ainda que de forma introdutória, pelo instigante universo da antropologia biológica feita no país. No mais, agradecemos imensamente à equipe editorial da revista pelo espaço aberto, e a cada um dos autores por suas preciosas e respectivas contribuições, sem as quais essa iniciativa não seria possível.
doi:10.21800/2317-66602019000200009 fatcat:5jq3fvhmrrb3lngrvzkdkberye