ABSCESSO TESTICULAR EM HAMSTER – RELATO DE CASO

Romeu Moreira dos Santos, G. D. A. HARAGUCHI, G. R. S. SLIUZAS, M. C. MENEZES, E. LEGA, B. PALUDETO, V. FARDIN
2012 Nucleus Animalium  
RESUMO: O Hamster, roedor originário do Oriente Médio, é uma espécie estudada juntamente com outros animais de laboratório como modelo experimental em trabalhos científicos e, atualmente, também é criado como animal de companhia, em virtude de ser dócil, de fácil manuseio e necessitar de pequeno espaço para sobrevivência. Os processos supurativos nos animais domésticos são relativamente frequentes. Em decorrência de doenças infectocontagiosas de curso purulento ou da agressividade do meio em
more » ... idade do meio em que vivem. No hamster, o hábito de armazenar alimentos com extremidades pontiagudas nas bochechas, pode lesionar a pele e comumente causar abscessos nesta espécie. No entanto, outras lesões podem levar à supuração, tais como afecções testiculares tumorais ou não tumorais produzidas ou não por lesão de continuidade da pele, levando à intumescência (VITAL et al., 2007). Este trabalho relata um caso de um hamster atendido no Hospital Veterinário da FAFRAM com histórico clínico de inquietação, anorexia e lambedura frequente da região escrotal. Ao exame clínico constatou-se através de punção aspirativa secreção de aspecto purulento e presença de grande quantidade de polimorfonucleares à citologia, sendo diagnosticado abscesso testicular. O animal foi encaminhado para o centro cirúrgico onde foi realizado orquiectomia bilateral convencional e exérese total do abscesso, através de abertura da túcnica vaginal e ligadura do funículo espermático. O pós-operatório incluiu antibioticoterapia com enrofloxacina e utilização de um antiinflamatório meloxican. Após dez dias os pontos foram removidos, a cicatrização da ferida cirúrgica ocorreu de maneira satisfatória e o animal apresentava-se em bom estado de saúde.
doi:10.3738/1982.2278.741 fatcat:omk3jqqozvhkrgyqe7yv436d2e