DIFERENÇA E SINGULARIDADE NOTAS SOBRE A CRÍTICA DE HEGEL A SPINOZA A ROBERTO MARKENSON, AMIGO, ETERNO MESTRE

João Emiliano, Fortaleza De Aquino, Que Falta, A Hegel, Lições De História, D Filosofia
2005 unpublished
exposição conceitual entenda-se aqui a concepção filosófica sob o ponto de vista dialético da totalidade, enquanto apresentação do desenvolvimento especulativo das determinações do próprio objeto. A possibilidade de uma subsunção, nesta exposição especulativa, da Economia Política deve-se a que, segundo Hegel, nesta o pensamento "descobre na multidão infinita de singularidades que estão inicialmente diante dele e extrai dela os princípios simples da coisa, o entendimento que nela opera e a
more » ... (FD, § 189). Num verdadeiro entusiasmo por esta ciência, a qual tem a "época moderna como seu terreno", Hegel diz que, nela, o "que é aparentemente disperso e desprovido de pensamento é mantido por uma necessidade, que intervém de si mesma. Descobrir aí este elemento necessário é o objeto da Economia Política, uma ciência que honra o pensamento, porque ela encontra as leis para uma massa de contingências" (FD, § 189, Adendo). Para as citações dos Princípios da Filosofia do Direito (FD) de Hegel, faço uso das traduções de Marcos Lutz Müller da Introdução à Filosofia do Direito (§ § 1-33), e dos capítulos A sociedade civil (§ § 182-256) e O Estado (§ § 257-360) (Campinas, SP: Unicamp/IFCH A crítica de Hegel a Spinoza diz respeito, antes de tudo, a uma das questões centrais ao pensamento hegeliano, a um problema histórico-social fundamental à concepção da modernidade pelo filósofo alemão, com repercussões no conjunto de seu sistema, que é, precisamente, o específico desenvolvimento da singularidade (Einzelheit) posto pela emergência da sociedade civil-burguesa na modernidade. O conceito de "sociedade civil-burguesa" (bürgerliche Gesellschaft), no pensamento de Hegel, se constitui da exposição especulativa da Economia Política, sendo, nisto mesmo, a exposição conceitual das modernas relações monetário-mercantis. 1 Apoiado na Economia Política, Hegel concebe nestas relações econômicas um extremo desenvolvimento do particularismo e, numa dialética que lhe é interna, a subsunção da particularidade à universalidade, subsunção esta que se desenvolve de modo imanente desde o "sistema de carências" e seus modos de satisfação (FD, § § 189-207) a instâncias mais universais (ou universalizadas), como a "jurisdição" (FD, § § 208-228), o "poder de polícia" e a "corporação" (FD, § § 230-254). A Economia Política julgou descobrir, na sociedade de mercado, a tendência de realização do "preço natural" no "preço de mercado", o que garantiria, em conseqüência, a distribuição da renda nacional às classes constitutivas da sociedade conforme as taxas naturais de salário, de lucro e de renda da terra, que são os componentes do preço natural. 2 Este é um dos princípios-como racionalidade imanente à "dissolução ética" e ao "Estado exterior" da sociedade civil-burguesa-incorporados por Hegel em sua exposição da Economia Política: no sistema de carências, cada um, ao buscar sua própria satisfação particular, terminaria por contribuir para a satisfação de todos (FD, § 199). Justamente neste e por este movimento, a sociedade civil-burguesa transcende, de modo imanente, em direção ao Estado, substancialidade ética da qual se demonstra ser aparência necessária. Em outras palavras, o Estado-que, na exposição hegeliana, se desenvolve de modo imanente a partir da sociedade civil-burguesa-é, enquanto efetividade mais adequada do conceito de vontade livre, o que, na verdade, a substancia e do qual ela é aparência. Da tendência interna das leis econômicas, elas mesmas já universais e necessárias, à afirmação de uma universalidade das satisfações, emergem progressivamente, de modo imanente e cada vez mais "para si" (ou seja, de modo cada vez mais autoconsciente), instâncias mais universais no interior da sociedade civil-burguesa, tais como a "jurisdição", o "poder de polícia" (administração) 2 Cf. A. Smith, A riqueza das nações, v. I. Tr. br. Luiz João Baraúna.
fatcat:z5lvl3yl5rhfxk5pdfb75wcbae