O conhecimento tradicional sobre plantas melitófilas em comunidades rurais do município de Sigefredo Pacheco, Piauí

Ederson De Sousa Martins, Patrícia Pereira de Oliveira, Leide Dayane Viana da Silva, José Rodrigues de Almeida Neto
2017 Revista Verde de Agroecologia e Desenvolvimento Sustentável  
<p>O conhecimento sobre plantas com potencial melitófilo a cada dia ganha espaço nas pesquisas, assim é em comunidades rurais que estas informações são coletadas. Desta forma a Etnobotânica, que estuda a relação de grupos humanos e as plantas se torna fundamental, pois, levanta-se informações sobre as espécies visitadas por abelhas como também os apicultores e meliponicultores, auxiliando na proteção do meio ambiente, em especial a espécies de árvores nativas e diferentes grupos de abelhas.
more » ... tivou-se realizar um levantamento etnobotânico em relação ao conhecimento dos moradores de duas comunidades rurais do município de Sigrefredo Pacheco, Estado do Piauí, sobre plantas melitófilas. O estudo foi realizado através de entrevistas em todas as residências (41) das duas comunidades, totalizando 69 entrevistados. Foram 31 espécies de plantas citadas, tendo destaque a família Leguminosae. As espécies mais citadas foram: Croton blanchetianus Baill. (25) e Hyptis suaveolens (L.) Poit. (25), sendo as espécies nativas mais bem representadas (77,4%). Observou-se que a parcela jovem foi a que teve menor participação e em relação ao gênero, percebeu-se que os homens apresentaram maior número de citação de plantas que as mulheres. Conclui-se que o conhecimento sobre plantas melitófilas é presente entre os moradores das comunidades, que os mesmos conhecem práticas favoráveis à conservação da flora melitófila, porém, estas não se encontram difundidas na comunidade. Faz-se necessário conhecer cada vez mais o conhecimento sobre flora apícola de comunidades rurais, a fim de resgatar e valorizar esse saber, bem como medidas conservacionistas locais.</p>
doi:10.18378/rvads.v12i3.4408 fatcat:6fcp2xcrbrf7pfrkcjtn52u4qy