Câmara Cascudo e Oscar Ribas: diálogos no Atlântico [thesis]

Alexandre Gomes Neves
RESUMO: O presente trabalho tem por objetivo propor aproximações entre os autores Câmara Cascudo e Oscar Ribas. O primeiro pertencente ao sistema literário brasileiro e o segundo ao angolano. Buscamos a comparação entre ambos, considerando as semelhanças entre seus percursos. Ao longo de suas carreiras, os autores dividiram-se entre a produção literária e a pesquisa folclórica. ABSTRACT: The present work aims to propose some relations between the writers Câmara Cascudo and Oscar Ribas by
more » ... car Ribas by considering the similarity in their literary journey, the former belonging to the Brazilian literary system and the latter to the Angolan literary system. During their careers those writers dedicated themselves to the literary production as well as the research on folklore. PALAVRAS-CHAVE: Câmara Cascudo; Oscar Ribas; macrossistema literário. KEYWORDS: Câmara Cascudo; Oscar Ribas; literary macrosystem. Neste ensaio navegaremos com Câmara Cascudo para o porto de Luanda, para Angola, para África, em busca dos contatos entre nossos territórios, assim como nosso folclorista fora em busca de saberes que para ele poderiam revelar a nossa própria identidade. Made in Africa, de 1965, é um livro de "observações africanas", afirma o autor em texto que prefacia a publicação. A obra conjuga materiais brasileiros e africanos "demonstrando influências recíprocas, prolongamentos, interdependências, contemporaneidade motivadora nos dois lados do Atlântico ou do Índico". (CASCUDO, 2002, p. 9) Informa-nos que procurou indagar sobre "elementos africanos que permanecem no Brasil e motivos brasileiros que vivem n'África, modificados, ampliados, assimilados, mas ainda identificáveis e
doi:10.11606/d.8.2008.tde-19012009-153231 fatcat:jv54p3ksw5bc7pwdxv2gtkndsq