#039 Leucoplasia, uma lesão branca da cavidade oral a ser tratada com Laser CO2 – Caso Clínico

2018 Revista Portuguesa de Estomatologia, Medicina Dentaria e Cirurgia Maxilofacial  
Introdução: Num tratamento endodôntico, durante a fase de instrumentação do sistema canalar, a possibilidade de fratura de um instrumento está sempre presente. No entanto, a sua incidência é relativamente baixa (0,39% -5 %), sobretudo entre especialistas. Os dados da literatura indicam que este incidente não piora o prognóstico do dente por si só. A decisão de como abordar o instrumento separado depende de vários critérios, nomeadamente o diagnóstico pulpar e periapical do dente e a fase do
more » ... nte e a fase do tratamento em que ocorreu a separação do mesmo. As opções que o médico--dentista deve considerar incluem: bypass do instrumento, a sua remoção ou mesmo a decisão de não abordar o fragmento e controlar o dente. O objetivo deste trabalho é apresentar quatro casos de instrumentos separados com diferentes tipos de abordagens. Descrição dos casos clínicos: Todos os casos foram efetuados na consulta de Pós Graduação de Especialização em Endodontia na Faculdade de Medicina Dentária da Universidade de Lisboa. Os tratamentos foram efetuados sob isolamento total e ampliação com microscópio operatório. Foram utilizadas abordagens diferentes em cada caso: desde o ´bypass" do instrumento com limas k, a sua remoção utilizando diversos sistemas: pontas ultrassónicas ProUltra (Dentsply Tulsa Dental; Tulsa, Oklahoma), limas K (Dentsply Maillefer, Ballaigues, Switzerland) acopladas ao Endo -chuck (SybronEndo; Orange, California), o recurso a uma agulha de irrigação 27 -G (BD Microlance™ 3 Needles 27G X ¾" -0,4 mm X 19 mm) e cola de cianoacrilato (Cobra Pacific Super Glue), bem como o simples controlo da peça dentária com radiografias periódicas. Os dentes são posteriormente, instrumentados, desinfetados, obturados com gutta -percha / biocerâmico. Discussão e conclusões: O fator preponderante no sucesso do tratamento endodôntico prende -se com a eficiência da irrigação, e é neste sentido que um instrumento separado dentro do sistema cabalar pode influenciar o outcome do caso. Quando conseguido o bypass a taxa de sucesso ascende a níveis iguais às taxas de sucesso em dentes sem instrumentos separados. A remoção do instrumento separado implica desgaste de material dentário, fato que deve ser ponderado aquando do planeamento da abordagem ao instrumento. A remoção pode ser feita com recurso a materiais específicos ou até mesmo adaptando técnicas e materiais mais corriqueiros.
doi:10.24873/j.rpemd.2018.11.277 fatcat:a62htxz3enedxjp47tjnb3jsuu