AS GEOGRAFIAS DO CORPO E A EDUCAÇÃO (DO) SENSÍVEL NO ENSINO DE GEOGRAFIA BODY GEOGRAPHIES AND SENSITIVE EDUCATION IN THE TEACHING OF GEOGRAPHY

Camila Nunes, Nelson Rego
unpublished
Resumo A corporeidade, reconhecida como espacialidade, impulsiona uma nova práxis no qual o corpo é entrevisto como dimensão de resistência à homogeneização do espaço e das relações sociais. O corpo como sujeito e objeto, a corporeidade como paradigma ético-estético são importantes subsídios na estruturação dos elementos que compõem o cotidiano. O processo de construção do conhecimento por meio de metáforas corporificadas, conceitos e representações, associadas a uma interpretação instauradora,
more » ... tação instauradora, permite uma análise profunda de si, dos outros e da realidade do mundo. O saber de experiência e a proposição de uma educação (do) sensível indica ser o corpo o grande mediador do fluxo de informações e de espaços de ação. Palavras-chave Abstract The corporeity acknowledged as spatiality fosters a new praxis in which the body is interviewed as dimension of resistance to homogenization of space and the social relations. The body as an existential base of culture; corporeity as an ethical-aesthetic paradigm and important subside in the structuring of the elements that make up the everyday routine. The process of construction of knowledge through embodied metaphors, concepts and representations associated to an establishing interpretation which enables a deep analysis of the self, the others and the reality of the world. The knowing of experience and the proposition of a sensitive education in which the body is the great mediator of the flow of information and spaces of action.
fatcat:frt6ia5wnvaldja4puyaa2wqj4