EXISTE "AURA" MUSICAL NUMA ERA DE REPRODUTIBILIDADE TÉCNICA DA ARTE? Pianista Graduada em Fonoaudiologia Pós-Graduada em Música Brasileira Mestranda em Educação pela UNIMEP-SP

Cintya Fernanda, Morato Soares, Rafael Scremin
unpublished
Graduado em Educação Física Pós-Graduado em Educação Física Escolar Mestrando em Educação pela UNIMEP-SP Palavras-Chave: música, arte, reprodutibilidade técnica, estética. Este trabalho objetiva apontar as implicações da reprodutibilidade técnica da arte e a possibilidade de existência da "aura" na música (BENJAMIN, 1994). Com a utilização da reprodutibilidade técnica cada vez mais recorrente na sociedade atual, compreende-se que também a "aura musical" não está desvinculada daquilo que se
more » ... daquilo que se produz na sociedade, atualmente, alcunhada de sociedade líquida ou sociedade moderna, no sentido de Bauman, como sendo a sociedade dos consumidores, na qual se pode discutir até mesmo a função estética da obra de arte, nesse contexto, da música como obra de arte. A música tem história, faz história e participa da história contínua do homem, e não são poucos os registros documentados (registros em papel, gravações em vídeo ou áudio) sons, melodias, letras "registrados" magistralmente na memória das pessoas, momentos da vida que foram marcados por uma música, um som, uma entonação diferente, um ritmo, os quais remetem para sentimentos, ações ou intenções. Para cada povo, com sua cultura peculiar, a música pode ter sentidos distintos. Isso está diretamente ligado aos seus costumes e tradições e as suas influências sonoras e musicais. Através de um determinado tipo de música, é possível caracterizar um povo ou uma região. No entanto, é fundamental lembrar que o rádio quebrou fronteiras, no Brasil, especialmente nos anos 60 e 70, levando a música brasileira e as estrangeiras a lugares nunca antes pensado ou imaginado, "padronizou" por assim dizer, o gosto popular, os ídolos das canções e aproximou gerações.
fatcat:t2nswjcsmnejrdkigs4jmh2toa