Abordagem dos miriápodos em livros didáticos de Ciências

Júlia Andrade Romão, Lilian Boccardo, Marcos Lopes de Souza
2008 SITIENTIBUS série Ciências Biológicas  
Este estudo objetivou analisar a abordagem dada aos miriápodos em cinco livros didáticos de Ciências dos anos de 1999-2005. Os critérios para escolha dos livros foram: apresentação do conteúdo de Zoologia; adoção pelas escolas públicas municipais da cidade de Jequié-BA e aprovação pelo Programa Nacional do Livro Didático. Os livros foram analisados com base nos eixos conteúdo teórico, recursos visuais e atividades propostas. Em relação ao conteúdo teórico, os livros abordam os Myriapoda de
more » ... superficial e descontextualizada, priorizando os aspectos morfo-fisiológicos do grupo, porém com algumas terminologias científicas incorretas. A abordagem não permite o entendimento dos aspectos adaptativos e do grau de parentesco dos grupos. Os autores apresentam alguns aspectos ecológicos do grupo de maneira reducionista impossibilitando a construção de uma visão conservacionista da biodiversidade. Sobre a abordagem etológica, os livros enfatizam, sobretudo, os mecanismos de defesa e, por outro lado, reforçam um olhar antropocêntrico em relação aos Myriapoda. Algumas ilustrações são imprecisas dificultando a identificação dos animais. As legendas não são explicativas e muitas contêm erros conceituais. Poucas figuras são relacionadas com o texto. Além disso, nas ilustrações não são mencionados os créditos e nem as escalas. Há predomínio de exercícios de cópia sem incentivo ao trabalho em grupo, impossibilitando a reflexão crítica dos discentes sobre o conteúdo. Por outro lado, as atividades são facilmente executáveis e isentas de riscos à integridade física dos alunos. Não são utilizados, nos exercícios, exemplos de espécies de miriápodos do Brasil. Em linhas gerais, este estudo demonstrou a necessidade de um maior cuidado na elaboração dos livros didáticos de Ciências, especialmente, nas discussões relacionadas à Zoologia visando, dessa forma, uma melhoria na qualidade do material destinado aos alunos.
doi:10.13102/scb8077 fatcat:uha7ofmxvrclfdhibzja7ty6ze