Perfil glicêmico e lipídico de pacientes submetidos a cirurgia bariátrica

Ana Paula Dorta de Freitas, Amélia Cristina Stival Duarte, Ana Maria Joana Carolina Couto Gonçalves da Silva, Tereza Raquel Mendonça Souza Silva
2020 Revista Brasileira de Obesidade, Nutrição e Emagrecimento  
Objetivo: Analisar o impacto da cirurgia bariátrica nos perfis glicêmico e lipídico. Materiais e Métodos: Estudo transversal analítico, que faz parte do projeto matriz multiprofissional intitulado "Avaliação multiprofissional do paciente obeso em pré e pós operatório de cirurgias bariátrica e/ou metabólica" desenvolvido no Hospital Geral Alberto Rassi em Goiânia-GO. Os dados foram coletados durante a consulta de nutrição do PCCO (Programa de Controle e Cirurgia da Obesidade). A pesquisa incluiu
more » ... A pesquisa incluiu participantes de ambos os sexos e que estavam em acompanhamento de pré e pós operatório de cirurgia bariátrica. Foram analisadas as variáveis: sexo; idade; nível de escolaridade; antropometria; presença de comorbidades no pré e pós operatório, níveis bioquímicos (no pré operatório e no período de 6 a 24 meses de pós operatório) de colesterol total, LDL-colesterol, HDL-colesterol, triglicerídeos, glicemia de jejum e hemoglobina glicada. A análise estatística foi realizada no programa IBM SPSS Statistics for Windows 16.0. Resultados: A amostra foi composta por 26 pacientes, a comorbidade prevalente foi hipertensão (88,5%), seguida de diabetes (46,2%) e dislipidemia (38,5%). Os níveis séricos de hemoglobina glicada, glicemia de jejum, colesterol total, LDL-colesterol, triglicerídeos, peso, Índice de Massa Corporal, demonstraram diferenças estatísticas antes e após a cirurgia. Conclusão: A cirurgia bariátrica demostrou-se eficaz na perda de peso, no controle glicêmico e lipídico, resultando em melhora das comorbidades associadas a obesidade.
doaj:50f7c9305952493599372a2245215e52 fatcat:npfptyzcqfbz3nz6akuiu2qabq